Museu do Café – Analista de tecnologia de informações júnior

O Instituto de Preservação e Difusão da História do Café e da Imigração, entidade gestora do Museu do Café, torna pública a abertura de vaga conforme descrição abaixo:

Pré-requisitos: Ensino superior na área de Tecnologia ou curso técnico (concluído ou cursando); noções de inglês para leitura de manuais técnicos e de redes cliente Servidor, Active Directory, DNS, DHCP, VPN, Firewall, Virtualização e Multimídia (instalação e alinhamento de projetores, totens e equipamentos audiovisuais) e experiência comprovada na área de tecnologia/suporte;

Diferencial: Conhecimento em centrais PABX (Intelbras), em servidores Linux e sistemas de CFTV-IP;

Perfil desejado: Habilidade para trabalhar em equipe, decisão compartilhada, suporte proativo e reativo, boa comunicação escrita, iniciativa, pensamento sistemático, capacidade de planejamento a longo prazo.

Atribuições da função: Realizar diagnósticos, reparos, substituições e propor soluções aos problemas apresentados nos diversos segmentos de T.I. e multimídia. Atender às necessidades básicas propostas pelos usuários, como configurações, instalações e solução de dúvidas. Ênfase na manutenção da exposição, equipamentos multimídia e sustentação da automação.

Carga horária: Jornada de 40 horas semanais, regime CLT. 

Benefícios: Vale Transporte, vale refeição ou alimentação, plano de saúde e seguro de vida.

Seleção: A seleção será feita por meio da análise de currículo, entrevista presencial e avaliação escrita no Museu do Café. 

Obs.: Os currículos devem ser encaminhados por e-mail para:

vagas@museudocafe.org.br, com o assunto “Analista de Tecnologia da Informação Júnior “, até 16/09/2022.