Museu de História Natural de Cravinhos faz doação para a Aeronáutica Brasileira

No início de junho, uma equipe da Aeronáutica do Brasil, comandada pela tenente Gabriella Ferreira Braga Crozara, foi até o Museu de História Natural  “Wladimir Chaves”, em Cravinhos (SP), solicitar alguns dos animais empalhados da instituição, em forma de doação, para que possam fazer parte do museu da Fazenda da Aeronáutica, em Pirassununga, que está em processo de montagem.

“Tomamos conhecimento desse magnífico museu e viemos para que pudéssemos fazer uma parceria”, explica a oficial.

Na lista de animais doados constam uma lontra, um tatu-peba, um cachorro do mato, um jacaré e uma saracura que, em breve, farão parte do acervo do museu da Aeronáutica do Brasil, que terá visitação aberta ao público em geral.

“Esses animais doados são alguns que tínhamos em grande quantidade e que o pessoal da aeronáutica se interessou para levar ao museu que está sendo montado. Realizamos a doação com a anuência da Secretaria Municipal da Cultura, e nos comprometemos em ajudar no que for necessário para a montagem desse novo museu”, revela o coordenador do Museu de Cravinhos, Hugo Araújo Tormente Júnior.

O Museu de História Natural de Cravinhos se transformou em uma referência estadual, uma vez que é o único a ter um cenário dedicado à Antártida, com fauna e flora vindos diretamente de lá. O local já recebeu em torno de 40 mil pessoas em mais de dez anos de sua fundação.

“Quando idealizei o museu para Cravinhos foi somente para que pudéssemos trabalhar com pessoas portadoras de necessidades especiais, no entanto, ele passou a ser muito conceituado na região. Então, decidimos montá-lo de forma a abranger todo tipo de público. Na época, o prefeito [José Carlos Carrascosa dos Santos] soube de nossa iniciativa e decidiu colaborar conosco doando a casa dos antigos funcionários da estação Mogiana, que tem uma arquitetura maravilhosa e se encaixou perfeitamente na ideia que tínhamos”, explica o idealizador do local, o biólogo e pesquisador, Mário Luís Garcia de Figueiredo.

O museu abriga diversos cenários e cerca de duas mil espécies de animais taxidermizados em seu acervo, e tem por finalidade guardar a identidade cultural da sociedade e preparar as gerações para a conscientização de ecologia, sustentabilidade e convívio fraterno com a fauna e a flora.

SERVIÇO:

Museu de História Natural de Cravinhos

Visitação de terça a sábado, das 8h às 11h e das 13h às 16h30.

Rua Corifeu de Azevedo Marques, 71, Centro, Cravinhos/SP

O telefone para agendamento de visitas em grupo é o (16) 3951-1614 ou 3951-8407.

Fonte: InterTvweb