Museu de Campinas recebe mostra fotográfica internacional sobre açúcar

Exposição ‘Açúcar: um doce meio amargo’ começa na quarta-feira, às 9h.
Museu de Arte Contemporânea de Campinas sedia mostra até novembro.

16-10-2013 N7

Exposição traz fotos sobre a relação com o açucar, em Campinas (Foto: Ed Kashi / Reprodução)

A exposição fotográfica itinerante “The Sweet and Sour Story of Sugar”, em português traduzido para “Açúcar um doce meio amargo”, tem abertura nesta quarta-feira (9), das 9h às 17h, no Museu de Arte Contemporânea de Campinas (SP).

Com curadoria da jornalista e historiadora holandesa Stijntje Blankendaal com o arquiteto Giancarlo Latorraca, essa é a primeira exibição no Brasil do projeto, que vem integrar a programação do festival de fotografia Hercule Florence.

A exposição traz uma narrativa coletiva de seis fotógrafos que retratam a relação da produção de açúcar no Brasil, na Holanda, na Indonésia e no Suriname. O Museu de Arte Contemporânea de Campinas fica na Rua ua Benjamin Constant, nº 1633, Centro. A exposição segue até 9 de novembro e, no dia 18 de outubro, será realizado um debate aberto ao público no Ciesp Campinas sobre sustentabilidade no setor açucareiro.

Durante a palestra, estarão presentes o Professor Edgar G.F. de Beauclair, do Departamento de Produção Vegetal e Planejamento e Produção de Cana-de-Açúcar da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ-USP), o economista Ladislau Dowbor, professor do Núcleo de Estudos do Futuro da PUC São Paulo, e também representantes do setor açucareiro.

Histórico

Na descrição da exposição, os artistas mencionam que o cultivo açucareiro nos países colônia ajudou a economia europeia a crescer no século 16, mas levou a escravidão e a depredação do meio físico desses países, como a poluição das águas e rios, empobrecimento do solo e devastação da mata atlântica. O Brasil, o Suriname e a Indonésia são países interligados com o cultivo da cana de açúcar e a Holanda foi o país que instaurou esse tipo de agricultura nos locais.

Fonte: G1