Museu da Imigração reinaugura e oferece entrada gratuita até julho

Prédio estava fechado para restauro e reabriu para visitação neste sábado

Museu da Imigracao

Depois de permanecer quatro anos fechado para restauro, o Museu da Imigração foi reinaugurado neste sábado, 31. Com investimento de R$ 20 milhões, o prédio tombado pelo Conpresp e pelo Condephaat passou pela primeira mudança estrutural desde que teve a construção finalizada, em 1888. “Hoje é um dia de grande emoção, de grande alegria. Diz que São Paulo foi fundado em 1554 pelos padres jesuítas e renasceu aqui com a hospedaria dos imigrantes em 1887. Essas paredes ouviram mais de 70 línguas diferentes, gente do mundo inteiro que veio aqui para São Paulo no período áureo do café, depois se dedicou também à indústria, serviços, ciências, artes, abrigou muito sonhos”, disse o governador Geraldo Alckmin.

 

Sediado no edifício da antiga Hospedaria do Brás, que recebeu 2,5 milhões de imigrantes de mais de 70 nacionalidade entre os anos de 1887 e 1978, o espaço é peça importante da história da cidade de São Paulo. “Esse é o DNA de São Paulo, pessoas que vieram em busca de oportunidade, de trabalho, com o coração partido, deixando metade [da vida no lugar] de onde vêm a outra onde chega, um sacrifício. Construíram a grandeza do nosso Estado, do nosso país”, destacou Alckmin.

Nos meses de junho e julho, a visita ao Museu da Imigração será totalmente gratuita. O ingresso inclui os espaços expositivos, jardim, café, loja, biblioteca e área de convivência. A Maria Fumaça, gerida pela Associação Brasileira de Preservação Ferroviária, permanece com saídas regulares e pagas.

Na programação cultural do Museu estão apresentações de teatro, dança, música, oficinas e palestras sobre o patrimônio relacionado aos processos migratórios ligados a São Paulo. O destaque fica por conta da exposição de longa duração que conta como o processo migratório é um processo que sempre permeia a história. A mostra aborda ainda o início das políticas imigratórias do país e detalha o cotidiano da Hospedaria de Imigrantes, com uma sala que recria um amplo dormitório da antiga Hospedaria, com projeções em grande escala de trechos de cartas e trilha sonora especial.

SERVIÇO
Museu da Imigração
Rua Visconde de Parnaíba, 1316 – Mooca – São Paulo
De terça a sábado, das 9h às 17h e aos domingos das 10h às 17h (Quinzenalmente, às sextas-feiras, o Museu oferecerá visitação noturna, ampliando seu horário de atendimento até às 21h)
Grátis até julho de 2014
www.museudaimigracao.org.br

Fonte: Portal do Governo do Estado