Museu da Energia de Itu – Estágio

Descrição do Cargo: Atendimento ao público; Realizar mediações; Auxílio no desenvolvimento de ações educativas e realização de eventos; Participar de ações de conservação do acervo; Realizar projetos educativos externos; Elaboração de projetos educativos e culturais; Produção de conteúdo para redes sociais; Organização em geral documentos/monitoramento.

Perfil do Candidato:  Universitário (a partir do 2º semestre) dos cursos: História; Pedagogia; Turismo; Geografia Ciências Biológicas; Arte e Educação; e Física.

Comunicativo, organizado, dinâmico, boa expressão oral e escrita, facilidade de adaptação a novas situações, bom relacionamento interpessoal, interesse em museus histórico-científico e ações educativas para espaços museológicos.

Regime:  Contrato de 1 ano.

Jornada de trabalho:   30 horas semanais, incluindo sábados ou domingos e feriados em regime de escala.

Informações institucionais: O Museu da Energia de Itu ocupa os salões de um grande sobrado do século XIX. Concluído em 1847, o casarão exibe antigas técnicas de construção. Nas paredes externas, que sustentam o primeiro pavimento e o telhado, foi usada a taipa de pilão (barro prensado) e, nas paredes internas, o pau a pique (trançado de madeira revestido de barro). A fachada principal, voltada para a rua, foi revestida de azulejos.

Originalmente, o sobrado servia de moradia para membros da família Pacheco, ricos produtores de açúcar. Mas em 1908 ele foi vendido à Companhia Ituana de Força e Luz. Por noventa anos, abrigou os escritórios das empresas de eletricidade que atuaram em Itu: a Ituana (1908-1927), a The São Paulo Light & Power (1927-1981), a Eletropaulo (1981-1997) e a Empresa Bandeirante de Energia (1997-1998).

Em 1998, o sobrado de Itu foi doado à Fundação Energia e Saneamento, que iniciou o seu restauro. O Museu da Energia de Itu foi inaugurado em 14 de dezembro de 1999.

Currículos deverão ser encaminhados para o e-mail: itu@museudaenergia.org.br , até 17 de setembro de 2021.