Museu da Diversidade Sexual oferece programação on-line para o Dia da Visibilidade Trans

A partir das 18h desta sexta-feira, o Museu da Diversidade Sexual (MDS) apresenta uma programação on-line em comemoração ao Dia Nacional da Visibilidade Trans (29/01), data significativa para a luta da comunidade LGBTQIA+, marcada pela caminhada de mulheres transexuais, travestis e homens trans em direção ao Congresso Nacional, em 2004, para o lançamento da campanha Travesti e Respeito. O evento, promovido pelo Ministério da Saúde, foi reconhecido como a primeira campanha nacional idealizada e organizada por pessoas trans.

O MDS é uma instituição vinculada à Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo e gerida pela Amigos da Arte.

Serão diversas lives e apresentações artísticas, além de rodas de conversas com transmissão pelas redes sociais e pela plataforma #CulturaemCasa, da Secretaria.

Programação do Museu da Diversidade Sexual

18h: Representatividade e Cultura Trans

A live conta com a participação da representante Bruna Benevides (ANTRA – Associação Nacional de Travestis e Transexuais), e também com artistas e figuras públicas, como Léo Moreira e Renata Perón, que abordaram a importância da representatividade trans nos espaços da sociedade.

19h30: Uma Luiza Pessoa

Uma é artista travesti, cresceu em São Paulo sob influência de sua mãe, Cantadeira do cotidiano, dona de casa que sempre contou anedotas oriundas da região Norte de Minas Gerais (Rubim), onde nasceu, e da Bahia (Salvador), onde cresceu. A essa influência, atribui o aprendizado da narração e da oralidade, bem como da música regional/tradicional.

Participou da Intervenção “Virada Cena Trans” no Centro Cultural São Paulo na virada Cultural (2019) junto com outrxs artistas transvestigeneres dirigidxs pela dramaturga Ave Terrena Alves, apresentando cantigas inéditas de seu repertório. Em 2019, lançou seu segunda Ep autoral, intitulado a “Casa dos Homens”, onde aborda como temática a Travestilidade e vivencias LGBTI+.

Em 2018, assinou a trilha sonora do espetáculo de dança/artes integradas “Memórias Marginais: Corpos em Estado de desapropriação” (São Miguel Paulista) com o núcleo ximbra, e em 2019 também dirigiu a trilha para o espetáculo de dança “Carne de Vaca junto” com o Núcleo de Estudos em Corporeidades Negras (Itaquera).

21h: Les Girls

Versão pocket show do musical “Les Girls” – inspirado na lendária peça homônima que tomou a Galeria Alaska, no Rio de Janeiro, nos anos 1970 – acaba de ganhar uma nova releitura. Cinco artistas transgêneras dão vida às suas divas do coração e também compartilham processos de autodescoberta e empoderamento, celebrando a diversidade em meio a um roteiro envolvente e divertido. Cher, Adele, Mariah Carey, Edith Piaf, Clara Nunes, Tina Turner, Amy Winehouse, Lana Del Rey e Madonna são as presenças ilustres na interpretação do elenco.

Fonte: Gay.blog