Museu da Diversidade Sexual apresenta o bloco “Será que é?”

Abrindo o carnaval de São Paulo, pela segunda vez, o Museu da Diversidade Sexual apresenta o bloco “Será que é?”, no dia 3 de fevereiro, sábado.

Ao som de marchinhas clássicas de Carnaval, o Museu convida os foliões para brincarem pelas ruas do centro de São Paulo deixando o preconceito e o desrespeito bem longe da festa. Vai ter homens, mulheres, mulheres transexuais, homens trans, travestis, drags, andrógenos, lésbicas, gays, não binário…

O título do bloco faz referência à famosa marchinha, grande sucesso dos bailes de Carnaval desde os anos 60. Muito embora seu tom jocoso possa parecer politicamente incorreto e seja muitas vezes cantada acompanhada de um coro entoando uma palavra ofensiva no final de suas estrofes, o mesmo termo foi incorporado pela comunidade LGBT e requalificado, sendo utilizado nos bailes, blocos e ruas como grito de empoderamento.

A concentração do bloco “Será que é?” começa às 14h00 na Rua Augusta, altura da Rua Matias Aires. O bloco descerá pela Rua Augusta, finalizando na Rua Martins Fontes com a Rua Álvaro de Carvalho.

Fonte: Museu da Diversidade Sexual