Museu da Cidade de Salto traz projetos que incentivam a criatividade e a inventividade na primeira infância.

O Museu da Cidade de Salto “Ettore Liberalesso” está realizando, em parceria com a Prefeitura da Estância Turística de Salto, das Secretarias da Cultura e da Educação, além do Centro de Memória da Fundação Bunge, o Projeto “100 Anos de Brasital”, com exposição, mesas de discussão e ações educativas. Até 17 de novembro, o Museu dá espaço a uma exposição que abriga artefatos inéditos e históricos que compuseram a história da Brasital, indústria que atuou fortemente na formação e ampliação de Salto.

Em 13 e 14 de novembro, serão recebidos grupos escolares que participam da atividade “Cartas ao Futuro”, provocando as crianças a refletirem sobre a rápida evolução dos meios de comunicação no mundo ao mesmo tempo em que é proposta uma nova visão de museu, mais vivo e interativo. “Nossa ideia é que o Museu passe a fazer parte do cotidiano das crianças e da comunidade cada vez mais, com a intenção de deslocar o olhar para o futuro sem esquecer do passado”, afirma o coordenador Lucas Gonzaga.

No dia 16, sábado, a oficina “Tecendo Memórias” proporá uma atividade em família, na qual pais e filhos poderão construir seus próprios teares e conhecer mais sobre história. A oficina será das 9h30 às 12h, para se inscrever basta entrar em contato com o museu pelo número (11) 4029-3473 ou pelo e-mail museu@salto.sp.gov.br.

SERVIÇO

Programação “100 Anos de Brasital”

Até 17 de novembro

Museu da Cidade de Salto “Ettore Liberalesso”

Rua José Galvão, 104 – Centro – Salto/SP

Aberto ao público de terça a domingo, das 9h às 17h

Informações: (11) 4029-3473

Fonte: Museu da Cidade de Salto Ettore Liberalesso