Museu da Cidade de Salto sedia exposição “TOQUE”

O Museu da Cidade de Salto “Ettore Liberalesso” sedia até 13 de setembro a exposição “TOQUE”, que apresenta instalação de parede, composta por conjunto modular de 80 autorretratos em relevo. Estes retratos foram realizados por pessoas com e sem formação artística, videntes e pessoas sem visão, pacientes psiquiátricos, entre outros. A exposição conta com o apoio da Secretaria da Cultura de Salto.

O público será convidado a tocar no conjunto com os olhos vendados, superando o distanciamento entre observador e obra artística que prevalece em museus e galerias. Num segundo momento, sem a venda nos olhos, poderá observar cada relevo. Essa fruição multissensorial – soma de visão e tato – imprime um caráter lúdico à instalação, atraindo diferentes segmentos de público – entre eles crianças, adolescentes e pessoas com necessidades especiais.

Esse trabalho colaborativo e inclusivo vem sendo construído desde janeiro de 2016, sob a coordenação de seu idealizador, o artista visual Hélio Schonmann. Contando com a ajuda de outros artistas, Hélio montou uma rede de oficinas de produção dos autorretratos, abrangendo nove municípios paulistas e incluindo instituições tais como APAE Tatuí, a União dos Deficientes de Jundiaí e Região (UDJR), entre outras. A instalação foi exposta pela primeira vez em agosto de 2016, no Museu de Saúde Pública Emílio Ribas, em São Paulo.

Os módulos que compõe TOQUE são autorretratos em relevo medindo 30 X 30cm, realizados numa técnica derivada do papel machê, que permite elaborar volumes e texturas a partir de materiais simples, como sucata de papelão e cola branca. A instalação é uma “obra em processo” em permanente ampliação. A cada mês, novos módulos vão sendo produzidos.

A exposição poderá ser visitada de terça a domingo das 9h às 17h. Para agendar visitas educativas, é necessário entrar em contato pelo telefone (11) 4029-3473 ou e-mail: educativomuseusalto@gmail.com

Hélio Schonmann

Artista visual e professor. Frequentou, nos anos 70 e 80, o Atelier de Livre Criação em Artes Plásticas do Museu Lasar Segall, em São Paulo, onde assumiu posteriormente o cargo de orientador (1979/83). No final dos anos 90, incorporou a instalação e a gravura em seu fazer artístico, tendo recebido orientação de Evandro Carlos Jardim. Realizou mostras individuais e vem participando de mostras coletivas e trabalhos colaborativos de arte urbana no Brasil, Argentina, Alemanha, Itália, China, Cuba, México, EUA, Índia e França. Sua obra está presente no acervo de instituições públicas e privadas, como Pinacoteca do Estado de São Paulo, Museu de Arte Contemporânea de Botucatu, Museu Olho Latino (Atibaia), entre outros. A partir de 2009 iniciou um trabalho de coordenação de projetos de arte pública colaborativa e curadoria dos ciclos de mostras coletivas VI(VER), duplamente premiados pelo ProAC SP, Reside e trabalha atualmente na cidade de Louveira, SP.

SERVIÇO

Exposição TOQUE
Museu da Cidade de Salto “Ettore Liberalesso”
Rua José Galvão, 104 – Centro, Salto.
Até dia 13 de setembro – Entrada Franca.

Fonte: Prefeitura de Salto