Museu celebra Dia Internacional da Biodiversidade com programação especial

O Museu Catavento Cultural e Educacional, instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, está com uma programação especial para o domingo, 22 de maio, data em quem é celebrado o Dia Internacional da Biodiversidade. Criada pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 1992, a data tem o objetivo de conscientizar toda a população sobre a importância da diversidade biológica no mundo e incentivar a proteção dos seres vivos no meio ambiente.  Isso, devido à perda de espécies nos últimos anos. Pois os seres humanos dependem da biodiversidade do planeta para sua sobrevivência, e é necessário entender a importância da conservação.

Seguindo esse princípio, o Museu terá um domingo diferenciado. Serão realizadas visitas monitoradas, de 30 minutos de duração, na parte da manhã e tarde (10h30, 11h, 11h30, 12h, 12h30, 13h30, 14h, 14h30, 15h, 15h30 e 16h). na seção Vida, com explicações sobre a fauna e flora de todo o mundo. Curiosidades sobre seres marinhos, insetos, aves, animais venenosos e biomas, serão apresentadas para despertar nos visitantes a conscientização para a proteção da variedade de vida no planeta. A atividade é livre e os ingressos para o museu devem ser adquiridos na bilheteria.

No sábado, a entrada no Museu Catavento é gratuita; nos outros dias, o ingresso custa R$6,00 (inteira) e R$3,00 (meia).

Sobre o Catavento
Fruto de parceria entre as Secretarias Estaduais da Cultura e da Educação, o espaço foi inaugurado em março de 2009. São mais de 250 instalações, em onze mil metros quadrados, divididos em quatro seções (Universo, Vida, Engenho e Sociedade), cada uma delas elaborada com iluminação e sons diferentes, que contribuem para criar atmosferas únicas e envolventes. Atrações como aquários de água salgada, anêmonas e peixes carnívoros e venenosos, uma maquete do sol e uma parede de escaladas onde é possível ouvir histórias de personalidades como Gengis Khan, Júlio César e Gandhi, são apenas alguns exemplos de como o visitante pode aprender e se divertir ao mesmo tempo. No local também é possível conferir as atrações da Fundação Museu da Tecnologia de São Paulo, que teve seu acervo transferido para o Catavento no início de 2011. Entre os principais equipamentos estão a locomotiva Dübs (fabricada em 1888 na Inglaterra que pertenceu à Cia. Paulista de Estradas de Ferro e foi usada brevemente para o transporte de carga) e o avião DC-3 (1936), que foi utilizado como cargueiro militar na Segunda Guerra Mundial.

Data: 22 de maio – domingo.
Horários: 10h, 10h30, 11h, 11h30, 12h, 12h30, 13h30, 14h, 14h30, 15h, 15h30 e 16h.
Ponto de encontro: Chafariz, na frente do prédio.
Atividade livre para os visitantes do museu.

Catavento Cultural e Educacional
Onde: Palácio das Indústrias – Praça Cívica Ulisses Guimarães, s/no (Av. Mercúrio), Parque Dom Pedro II, Centro – São Paulo/SP.
Telefone: 11 3315-0051.
Quando: terça a domingo, das 9h às 17h (bilheteria fecha às 16h).
Quanto: R$ 6 e meia-entrada para estudantes, idosos e portadores de deficiência. Entrada gratuita aos sábados.
Idade mínima para visitação: recomendado para crianças a partir de seis anos.
Como chegar: www.cataventocultural.org.br/mapas.asp
Acesso por transporte público: estação de metrô Pedro II e terminal de ônibus do Parque Dom Pedro II.
Estacionamento: R$ 10 até 4 horas (para visitantes do museu). Adicional por hora: R$ 2,00 (capacidade para 200 carros). Ônibus e vans: R$20,00.
Infraestrutura: acesso para pessoas com deficiência locomotora.

Mais informações:
Site: www.cataventocultural.org.br
Fanpage: www.facebook.com/cataventocultural

Fonte: Catavento Cultural | Núcleo