Museu audiovisual em São Paulo recebe eventos corporativos

N2O Museu da Imagem e do Som, em São Paulo, apresenta exposições com o que há de mais atual nas artes audiovisuais. Além disso, recebe eventos corporativos e conta com um ótimo restaurante Foto: Ding Musa/Divulgação

O Museu da Imagem e do Som (MIS), em São Paulo, já chama a atenção pelo seu visual externo, uma espécie de caixa minimalista. Em seu interior, por sua vez, destacam-se as exposições itinerantes de alguns dos mais importantes artistas visuais contemporâneos, bem como aquelas realizadas com parte dos mais de 200 mil itens do acervo do museu, que reúne, entre outras coisas, fotografias, músicas e vídeos. Para o executivo, no entanto, o MIS tem ainda mais um atrativo: ele abre suas portas também para a realização de eventos.

O museu conta com dois auditórios – um para 66 pessoas e outro para 172 – nos quais são realizados encontros corporativos, de acordo com a disponibilidade dos espaços. “Eles são muito utilizados para palestras e coletivas de imprensa”, diz Solange Moscato, responsável pela parte de Negócios e Parcerias do MIS. A instituição oferece não só o espaço, mas também a estrutura, como instalações audiovisuais. O contratante, por outro lado, pode levar serviços como coquetel ou coffee break.

Esse, no entanto, não é o único espaço no museu para quem quer fazer negócios. Para um clima mais íntimo, pode-se optar pelo ótimo restaurante Chez MIS, que fica nos fundos da instituição. Cercado de paredes de vidro, ele oferece uma bela vista para os jardins do MIS. Sua decoração, com sofás de couro e mesas em ônix, por sua vez, dá um ar elegante ao espaço. Já da cozinha comandada pelo chefe Léo Botto saem pratos típicos da cozinha mediterrânea.

Criado em 1970, o MIS está na sua atual sede desde 1975. A instituição funciona como uma espécie de museu vivo, sempre acompanhando as últimas tendências em termos de audiovisual. O prédio conta com espaços para exibições de filmes e música, bem como para exposições fotográficas. Entre os grandes nomes das artes plásticas cujas obras já estiveram no museu estão Ai Weiwei, Andy Warhol, André Kertész e Chris Marker.

Fonte: Terra