MuBE lança prêmio para celebrar importantes coleções de arte

Para destacar a importância das coleções de arte, o Museu Brasileiro da Escultura e Ecologia (MuBE) lança o “Prêmio MuBE Colecionismo e Apoio à Arte”, em parceria com a Ecoarts.

 A premiação tem como propósito não somente prestigiar as coleções premiadas que serão exibidas no museu, mas também valorizar o trabalho que as pessoas e instituições contempladas realizam em favor da difusão da arte e da cultura, o que é essencial para o seu desenvolvimento.

O primeiro homenageado será João Carlos de Figueiredo Ferraz, cuja trajetória como colecionador e mecenas é considerada exemplar. Fundador do Instituto Figueiredo Ferraz, em Ribeirão Preto (SP), ele foi presidente da Fundação Bienal de São Paulo e é conselheiro de diversos museus como o Museu de Arte de São Paulo (MASP) e o próprio MuBE, entre outros.

João Carlos sempre apoiou instituições culturais e a produção artística, tendo iniciado suas aquisições na década de 1980.

A Coleção Figueiredo Ferraz, que se estabeleceu de forma orgânica e engajada, conta com obras dos principais artistas contemporâneos brasileiros, como Adriana Varejão, Edgard de Souza, Rosangela Rennó, Iran do Espírito Santo, Waltércio Caldas, Tunga e Laura Vinci, entre outros.

Um recorte dessa coleção, com curadoria de Cauê Alves, poderá ser visto no MuBE entre junho e agosto de 2019.

(Fonte: Revista Museu)