Mostra reúne imagens de fotógrafos modernistas em Ribeirão Preto, SP

Exposição “Moderna Para Sempre” resgata obras dos anos 1940 a 1960.
Grupo conhecido como Foto Cine Clube Bandeirante é foco da montagem.
 
 
Uma mostra reúne 83 imagens de 17 fotógrafos modernistas brasileiros no Instituto Figueiredo Ferraz em Ribeirão Preto (SP). A exposição “Moderna Para Sempre” resgata os anos 1940 a 1960, quando havia em São Paulo um grupo conhecido como Foto Cine Clube Bandeirante.
 
O clube era composto por fotógrafos amadores que, sem obrigações comerciais, eram livres para experimentação. Entre eles, estavam Geraldo de Barros, Thomaz Farkas, José Yalenti e German Lorcas, todos presentes na montagem. “Eles trabalhavam em sintonia fina, em rede. Dá para dizer que os fotoclubes foram a primeira forma de rede social da fotografia, muito antes dos Instagrams e Facebooks de hoje”, diz o curador da exposição, Iatã Cannabrava.
saiba mais
 
Segundo Cannabrava, o material produzido por esses artistas, que passaram a discutir a forma em vez de se pautarem pelas questões sociais, serviu de referência para gerações futuras. “Essas gerações construíram seus trabalhos inspirados pela ruptura que significou a fotografia moderna brasileira”, afirma.
 
Para o curador, a coleção fotográfica é uma das mais importantes do Brasil. “Principalmente porque ela tem uma unidade formal e temática única, raras coleções têm essa unidade, parece que isso foi feito por encomenda.”
 
A exposição fica aberta até 20 de dezembro e pode ser visitada de terça a sábado, das 14h às 18h. A entrada é gratuita. O Instituto Figueiredo Ferraz fica na Rua Maestro Ignácio Stabile, 200, Alto da Boa Vista. Mais informações pelo telefone (16) 3623-2261.
Uma das fotografias na exposição ‘Moderna Para Sempre’ em Ribeirão Preto, SP (Foto: César Tadeu / EPTV)
 
Fonte: G1