Mostra “E o silêncio nagô calou em mim” resgata aspectos da cultura brasileira

A exposição inclui audiodescrição e sinalização podotátil

N4 28-10-2013

Entre os dias 17 de outubro e 30 de novembro, o Museu Nacional dos Correios recebe a exposição E o silêncio nagô calou em mim, da fotógrafa e pesquisadora Denise Camargo, com entrada Catraca Livre.

Com curadoria de Diógenes Moura, da Pinacoteca do Estado de São Paulo, o objetivo é evidenciar a cultura afro-brasileira retratando rituais do candomblé, explorando o debate contemporâneo sobre a diversidade étnica e cultural, resgatando o real sentido do patrimônio brasileiro imaterial tão pouco valorizado. Com o intuito de desfazer esteriótipos, a exposição também conta com trilha sonora original, palestras da artistas e oficinas para educadores.

A fotógrafa Denise Camargo é formada é doutora em Artes pela Unicamp e mestre em Ciência da Comunicação, formada pela Escola de Comunicação e Artes da USP. Com temas focados prioritariamente na identidade brasileira, Denise recebeu oPrêmio Palmares 2012 e o Prêmio Brasil Fotografia 2013.

Visando promover o acesso a vários públicos, a mostra inclui sinalização podotátil e aparelhos de audiodescrição para cegos.

SERVIÇO

O QUE
E o silêncio nagô calou em mim
QUANDO:
• de 17/10 a 30/11
o Terças, Quartas, Quintas e Sextas das 10:00 às 19:00
o Sábados e Domingos das 12:00 às 18:00
QUANTO
Catraca Livre
ONDE
Museu Nacional dos Correios

Q.04 bloco A, 256 – Ed. Apolo
SCS
Brasília
(61) 3213-5076

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

Fonte: Catraca Livre