Mostra coletiva “Experimentando Espaços 2” reflete sobre arte, arquitetura e design com instalações no jardim do MCB

experimentando espaços 2
Visitação: até 25 de maio

Concebida especialmente para a área verde do Museu da Casa Brasileira, instituição da Secretaria de Estado da Cultura, a exposição Experimentando Espaços 2 reúne o trabalho de nove artistas brasileiros sob curadoria de Agnaldo Farias. As obras trazem diferentes propostas que trafegam entre a arquitetura, a paisagem, a casa e os objetos com que a povoamos. Complementando a programação da exposição, que tem abertura no dia 22 de março às 11h, integra um ciclo de debates, de 27 a 29 de março, com a presença dos especialistas convidados Guilherme Wisnik e Marta Bogéa, do curador e dos artistas participantes.

“Experimentando Espaços 2” retoma a ocupação de 2009 do jardim do museu, que também contou com a seleção de conteúdo de Agnaldo Farias. “O objetivo dessa edição continua sendo o de apresentar algumas das mais variadas e instigantes experiências espaciais realizadas por nossos artistas”, revela o curador. “Especulando sobre os significados e as formas de ser que as cidades, as paisagem, as arquiteturas, e até mesmo a extensa gama de objetos com quê mobiliamos os espaços domésticos, os artistas, por meio das mais variadas modalidades de suportes expressivos, terminam por reinventar a noção de espaço”.

Participam dessa segunda edição, todos com obras inéditas, os artistas André Komatsu, Angelo Venosa, Carmela Gross, Daniel Murgel, Genilson Soares, Georgia Kyriakakis, José Rufino, Marcius Galan e Rodrigo Bueno.

Ciclo de debates
Com o objetivo de incrementar o debate sobre a produção do espaço, confrontando diferentes entendimentos e processos, haverá mesas redondas com a presença, a cada dia, de três artistas participantes da exposição. A mediação será feitos pelos especialistas: Agnaldo Farias, na quinta-feira; Guilherme Wisnik, na sexta-feira; e Marta Bogéa, no sábado. A entrada é gratuita e dispensa inscrição para os debates que acontecem às 19h nos dias 27 e 28; e às 11h no dia 29 de março.

Jardim do MCB
O marco inaugural da abordagem museológica do jardim do MCB, patrimônio histórico com mais de 6 mil metros quadrados, foi a mostra Jardim do Solar, criada em 2004, que incorporou as centenas de espécies de árvores como acervo vivo do museu. Desde então, muitas mostras tiveram seu conteúdo expandido para o espaço do jardim e outras foram realizadas especialmente para a área expositiva externa.

Com o projeto Experimentando Espaços, teve início uma nova etapa de leitura desse espaço e novos diálogos, com sua primeira edição em 2009 e agora novamente em 2014. As obras dos artistas convidados, nas palavras do curador Agnaldo Farias, propõem experiências sensoriais que se desdobram em dimensões psicológicas, políticas, antropológicas, mnemônicas etc. Mantêm o jardim vivo como espaço de convívio e comunicação.

Sobre o curador Agnaldo Farias
Agnaldo Farias é professor da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo, crítico de arte e curador. Consultor curatorial do Instituto Tomie Ohtake, ex-curador geral do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, da 29a Bienal de São Paulo e curador da representação brasileira da 54a Bienal de Veneza, há anos desenvolve pesquisas sobre a arte contemporânea, com destaque à produção nacional e às pesquisas voltadas a discussão do espaço. O interesse específico sobre as relações entre arte e arquitetura tem gerado, além de exposições, como é o caso do projeto Experimentando espaços 2, textos, seminários, e a criação de uma linha de pesquisa em nível de pós-graduação.

Sobre o Museu da Casa Brasileira
O Museu da Casa Brasileira se dedica às questões da cultura material da casa brasileira. É o único do país especializado em design e arquitetura, tendo se tornado uma referência nacional e internacional nesses temas. Dentre suas inúmeras iniciativas, destaca-se o Prêmio Design Museu da Casa Brasileira, realizado desde 1986, e o projeto Casas do Brasil, que promove um inventário sobre as diferentes tipologias de morar no país.

SERVIÇO:

Exposição Experimentando Espaços 2
Abertura: 22 de março às 11h – Entrada Gratuita
Visitação: até 25 de maio (Ingressos a 4 reais)

Ciclo de Debates
Dias 27 e 28 de março às 19h; e 29 de março às 11h
Entrada Gratuita (dispensa inscrições)

Realização: Museu da Casa Brasileira
Patrocínio: Akzo Nobel
Idealização e coordenação: Agenda Projeto Culturais e Doble – Cultura + Social

Local: Museu da Casa Brasileira
Av. Faria Lima, 2.705 – Jd. Paulistano
Tel.: (11) 3032-3727

Visitação
De terça a domingo, das 10h às 18h
Ingressos: R$ 4 e R$ 2 (meia-entrada)
Gratuito aos domingos e feriados

Acesso a pessoas com deficiência / Bicicletário com 20 vagas
Estacionamento pago no local

Visitas orientadas: (11) 3032-2564 / agendamento@mcb.org.br

Fonte: MCB