Morre o historiador e crítico de arte Walter Zanini, primeiro diretor do MAC-USP

Morreu na madrugada desta terça-feira (29), em São Paulo, o historiador, crítico de arte e professor Walter Zanini.

A causa da morte de Zanini ainda não foi divulgada pela família do historiador.
 
Primeiro diretor do Museu de Arte Contemporânea (MAC) da USP, entre 1963 e 1978, foi figura fundamental na instituição.
 
Apesar de fortes restrições orçamentárias e dos longos trâmites da burocracia universitária, Zanini conseguiu preencher algumas lacunas existentes nas coleções que deram origem ao MAC.
 
No museu paulista, concebeu o programa "Jovem Arte Contemporânea" entre 1967 e 1974, um dos destaques de sua atuação.
 
Nascido em 1925, Zanini foi também curador de duas importantes edições da Bienal de São Paulo, as de 1981 e 1983.
 
À frente do MAC-USP, Zanini promoveu mostras dedicadas a artistas como Wesley Duke Lee e Mira Schendel, além de retrospectivas de Tarsila do Amaral e Anita Malfatti.
 
Com graduação e doutorado pela universidade francesa Sorbonne, Zanini era professor aposentado da USP.
 
O velório acontece a partir das 13h no cemitério da Vila Alpina, na zona leste de São Paulo. O corpo será cremado no mesmo local.
 
O historiador, crítico de arte e primeiro diretor do MAC-USP Walter Zanini
 
Fonte: Folha de S. Paulo