Morre no Rio o pintor, desenhista e ilustrador Enrico Bianco

Morreu nesta sexta-feira, no Hospital Samaritano, em Botafogo, Zona Sul do Rio, o pintor, gravador, desenhista e ilustrador Enrico Bianco. O artista estava internado devido a um câncer na próstata.

Bianco nasceu em Roma, na Itália, em 1918. Iniciou seus estudos com Maud Latour, em Roma, na década de 30. No Rio de Janeiro, entre 1935 e 1937, estudou com Candido Portinari no Instituto de Artes da Universidade do Distrito Federal, e de quem tornou-se grande amigo. Entre os trabalhos que fizeram juntos estão os murais do Ministério da Educação e Cultura, os painéis do Banco da Bahia, o edifício da ONU, e tantos outros.
 
Personagem querida no Rio, fez sua primeira individual em 1940, no Copacabana Palace. Entre os seus grandes amigos, da vida toda, pessoas como Millôr Fernandes (1923-2012), Fernanda Montenegro, Marina Colasanti, Luiz Gravataí, Chico Caruso e Ivo Pitanguy. O grupo costumava se reunir na casa do artista em São Conrado. Enrico Bianco deixa dois filhos brasileiros, Teresa e Paulo.
 
O pintor, gravador, desenhista e ilustrador Enrico Bianco morreu nesta sexta-feira no Rio