MIS realiza “Mostra de Cinema Atual Espanhol 2016”

Com uma seleção que representa a diversidade e a riqueza da produção cinematográfica espanhola, cinco filmes serão exibidos no Auditório MIS durante a Mostra Cinema Atual Espanhol, entre os dias 19 e 23 de outubro. Entrada gratuita

 

O Escritório Cultural da Embaixada da Espanha no Brasil, a Sociedade Cultural Brasil-Espanha, o Instituto Cervantes e o MIS, Instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, apresentam a nova edição da “Mostra de Cinema Atual Espanhol” entre os dias 19 e 23 de novembro com entrada gratuita.

A mostra apresenta os longas-metragens Pecados Antigos; Longas; Ärtico; Linda Juventude; Todos estão mortos e Flores formando um conjunto dos filmes de diferentes regiões e épocas. Todos serão exibidos em versão original em Espanhol, salvo Flores (Loreak, em Euskera, língua do País Basco).

Confira programação:

 
19/10
17h – Linda Juventude
Hermosa juventud
Drama social. Jaime Rosales, 2014. 98 min.
Classificação indicativa: 16 anos.

Versão original em espanhol legendado ao português.

Natalia e Carlos, são dois jovens apaixonados de 20 anos, lutam para sobreviver na Espanha em crise. Os limitados recursos financeiros não permitem eles irem para frente, como gostariam. Não têm grandes ambições pois não têm grandes esperanças. Para ganhar um pouco de dinheiro participam de um filme pornô amador. O nascimento da sua filha Julia, será o principal motivo de novas mudanças.

Festival de Cannes 2014 – Un CertainRegard – Menção Especial Júri ecumênico. Prêmio Sant Jordi (Rádio Nacional da Espanha) – Melhor atriz (Ingrid García-Jonsson).

 

19h – Pecados antigos

La isla mínima
Filme policial/Drama. Alberto Rodríguez, 2014. 112 min.
Classificação indicativa: 16 anos.

Versão original em espanhol legendado ao português.

Em 1980, uma pequena cidade do delta do rio Guadalquivir, duas adolescentes desaparecem durante as festas. Ninguém sente a falta. Todos os jovens querem ir embora,fugir e morar longe. São enviados dois detetives de homicídios, Pedro e Juan, com perfis e métodos diferentes. A investigação policial mostra que vem desaparecendo jovens há vários anos e que existe uma rede de tráfego de drogas na área. Nada é como parece nessa comunidade isolada aonde Juan e Pedro encararão seus próprios medos, seus passados, seus futuros. Mas o mais importante é capturar o assassino.

Vencedor de 10 Prêmios Goya – Melhor Filme, Direção, Ator protagonista (Javier Gutiérrez), Atriz revelação (Nerea Barros), Roteiro original, Fotografia, Música original, Montagem, Direção de Arte e Figurino. No Festival de São Sebastian recebeu o Prêmio Feroz Zinemaldia, a Concha de Prata Melhor Ator (Javier Gutiérrez) e o Prêmio do Júri à Fotografia.

 

20/10

17h – Ärtico

ärtico
Drama. Gabriel Velázquez, 2014. 77 min.
Classificação indicativa: 16 anos.

Versão original em espanhol legendado ao português.

“Família versus solidão”: Jota e Simón são dois jovens malandros de 20 anos que cada dia vão despreocupadamente para as ruas para buscar a vida como possam. Além dos costumeiros roubos e truques, algo lhes mexe interiormente. Cada um deseja o que não tem. Simón quer ser livre. Está farto de viver rodeado de sua grande família de feirantes, incluindo sua mulher e seu filho. Jota não quer seguir sozinho e o único que deseja é fazer seu ninho e ter sua própria família. Por cima do que seja. Enquanto isso cada dia que se juntam, se sentem como “Robín Hood” e pensam que não têm nada a perder.

Berlinale 2014 (Alemanha) –Menção especial do Júri Geração. Cinespagna Toulouse 2014 — Melhor filme, Melhor Fotografia, Melhor Música e Prêmio do Júri Jovem.

 

19h – Todos estão mortos

Todos están muertos
Drama fantástico. Beatriz Sanchís, 2014. 88 min.
Classificação indicativa: 12 anos.

Versão original em espanhol legendado ao português.

Lupe, vive trancada em casa, é egoísta e conflitiva. Nunca deu conta dos cuidados do seu filho, um adolescente sensível e muito apegado à avó. Ela cuida da casa e dafamília e na Noite de Todos os Mortos, pede ajuda num ritual mexicano. É assim como Diego, morto há anos, volta para casa, desencaixotando a famosa banda de rock que formava com a Lupe nos anos 80.        

                                                                                                        
Nos prêmios Goya 2014 foi nomeada Melhor atriz (Elena Anaya) assim como nos prêmiosFestival de Málaga Prêmio especial do Júri, melhor atriz e melhor música.

 

21/10
17h – Flores

Loreak
Drama. Jon Garaño, José Mari Goenaga, 2014. 100 min.
Classificação indicativa: 7 anos.

Versão original em euskera legendado ao português.

A vida da Ane muda quando começa receber um ramo anônimo de flores todas as semanas, assim como Lourdes e Tere, recebem um ramo em memoria de alguém que foi importante para elas. Essa é a historia de 3 mulheres, 3 vidas alteradas pela simples presencia de umas flores. Flores que farão brotar sentimentos que pareciam enterrados… ainda assim, são só flores.

Prêmios Goya: Nomeado Melhor Filme e Melhor Música Original. Festival de São Sebastián: Seção oficial de longametragens. 2014: Prêmios Feroz: Melhor atriz de reparto (Itziar Aizpuru).

 

19h – Linda Juventude

 

Hermosa juventud
Drama social. Jaime Rosales, 2014. 98 min.
Classificação indicativa: 16 anos.

Versão original em espanhol legendado ao português.

Natalia e Carlos, são dois jovens apaixonados de 20 anos, lutam para sobreviver na Espanha em crise. Os limitados recursos financeiros não permitem eles irem para frente, como gostariam. Não têm grandes ambições pois não têm grandes esperanças. Para ganhar um pouco de dinheiro participam de um filme pornô amador. O nascimento da sua filha Julia, será o principal motivo de novas mudanças.

Festival de Cannes 2014 – Un CertainRegard – Menção Especial Júri ecumênico. Prêmio Sant Jordi (Rádio Nacional da Espanha) – Melhor atriz (Ingrid García-Jonsson).

 

22/10
17h – Pecados antigos

La isla mínima
Filme policial/Drama. Alberto Rodríguez, 2014. 112 min.
Classificação indicativa: 16 anos.

Versão original em espanhol legendado ao português.

1980. Em uma pequena cidade do delta do rio Guadalquivir, duas adolescentes desaparecem durante as festas. Ninguém sente a falta. Todos os jovens querem ir embora,fugir e morar longe. São enviados dois detetives de homicídios, Pedro e Juan, com perfis e métodos diferentes. A investigação policial mostra que vem desaparecendo jovens há vários anos e que existe uma rede de tráfego de drogas na área. Nada é como parece nessa comunidade isolada aonde Juan e Pedro encararão seus próprios medos, seus passados, seus futuros. Mas o mais importante é capturar o assassino.

Vencedor de 10 Prêmios Goya – Melhor Filme, Direção, Ator protagonista (Javier Gutiérrez), Atriz revelação (Nerea Barros), Roteiro original, Fotografia, Música original, Montagem, Direção de Arte e Figurino. No Festival de São Sebastian recebeu o Prêmio Feroz Zinemaldia, a Concha de Prata Melhor Ator (Javier Gutiérrez) e o Prêmio do Júri à Fotografia.

 

19h – Ärtico

 

ärtico
Drama. Gabriel Velázquez, 2014. 77 min.
Classificação indicativa: 16 anos.

Versão original em espanhol legendado ao português.

“Família versus solidão”: Jota e Simón são dois jovens malandros de 20 anos que cada dia vão despreocupadamente para as ruas para buscar a vida como possam. Além dos costumeiros roubos e truques, algo lhes mexe interiormente. Cada um deseja o que não tem. Simón quer ser livre. Está farto de viver rodeado de sua grande família de feirantes, incluindo sua mulher e seu filho. Jota não quer seguir sozinho e o único que deseja é fazer seu ninho e ter sua própria família. Por cima do que seja. Enquanto isso cada dia que se juntam, se sentem como “Robín Hood” e pensam que não têm nada a perder.

Berlinale 2014 (Alemanha) –Menção especial do Júri Geração. Cinespagna Toulouse 2014 — Melhor filme, Melhor Fotografia, Melhor Música e Prêmio do Júri Jovem.

 

23/10
17h – Todos estão mortos
Todos están muertos
Drama fantástico. Beatriz Sanchís, 2014. 88 min.

Classificação indicativa: 12 anos.

Versão original em espanhol legendado ao português.

Lupe, vive trancada em casa, é egoísta e conflitiva. Nunca deu conta dos cuidados do seu filho, um adolescente sensível e muito apegado à avó. Ela cuida da casa e dafamília e na Noite de Todos os Mortos, pede ajuda num ritual mexicano. É assim como Diego, morto há anos, volta para casa, desencaixotando a famosa banda de rock que formava com a Lupe nos anos 80.


Nos prêmios Goya 2014 foi nomeada Melhor atriz (Elena Anaya) assim como nos prêmios Festival de Málaga Prêmio especial do Júri, melhor atriz e melhor música.

 

19h – Flores

 
Loreak
Drama. Jon Garaño, José Mari Goenaga, 2014. 100 min.
Classificação indicativa: 7 anos.

Versão original em euskera legendado ao português.

A vida da Ane muda quando começa receber um ramo anônimo de flores todas as semanas, assim como Lourdes e Tere, recebem um ramo em memoria de alguém que foi importante para elas. Essa é a historia de 3 mulheres, 3 vidas alteradas pela simples presencia de umas flores. Flores que farão brotar sentimentos que pareciam enterrados… ainda assim, são só flores.

Prêmios Goya: Nomeado Melhor Filme e Melhor Música Original. Festival de São Sebastián: Seção oficial de longametragens. 2014: Prêmios Feroz: Melhor atriz de reparto (Itziar Aizpuru).

  

3.mostracinemaespanhol

 

Serviço

Mostra Cinema Atual Espanhol
Data 19 a 23 de outubro
Local Auditório LABMIS (66 lugares)
Ingresso gratuito (sujeito à lotação da sala – retirada de ingresso com uma hora de antecedência na recepção).
 
Museu da Imagem e do Som – MIS
Avenida Europa, 158, Jardim Europa, São Paulo
Telefone: (11) 2117 – 4777
 
Fonte: Assessoria de imprensa – SEC
Imagem: Foto Ding Musa