MIS participa da 4º edição do IN-EDIT BRASIL – Festival Internacional de Documentário Musical

 

O museu promove sessões gratuitas até 5 de junho, além de mesas-redondas, debates com os diretores e apresentação musical
 
Acontece até 5 junho (terça-feira), a 4ª edição do IN-EDIT BRASIL, Festival Internacional de Documentário Musical. O MIS, instituição da Secretaria de Estado da Cultura, integra a programação com sessões gratuitas e atividades especiais.
 
Em 2012, o IN-EDIT BRASIL homenageia o húngaro Thomaz Farkas, exibindo os trabalhos musicais da Caravana Farkas, projeto que realizou entre 1964 e 1972 com o objetivo de documentar as manifestações da cultura popular brasileira. Além disso, o Festival abre as portas para Fernando Faro, que utiliza a televisão para documentar de maneira magistral a música brasileira.
 
Os documentários musicais mais interessantes do momento, muitos ainda inéditos no circuito comercial, e alguns títulos históricos, compõem o Panorama Brasileiro no IN-EDIT BRASIL, formado pela Competição Nacional, Mostra Brasil, Curta um Som e Retrospectiva.
 
Competição
 
Com destaque para os seis filmes da Competição Nacional, o Festival coloca em evidência o grande momento desse gênero no país, que conquista novos espaços de exibição e ganha público tornando-se cada vez mais popular. Os espectadores poderão eleger o melhor documentário da Competição e o vencedor entrará no Circuito In-Edit de Festivais, com sede em Barcelona.
 
Neste amplo leque de opções, estão as histórias pessoais de Marcelo Yuka no caminho das setas, dirigido por Daniela Broitman, e Jorge Mautner – O Filho do Holocausto, de Pedro Bial e Heitor D´Alincourt. O renascer artístico aparece em Siba – Nos balés da tormenta, de Caio Jobim e Pablo Francischelli, enquanto os sonhos impossíveis viram realidade em Língua mãe, de Fernando Weller e Leo Falcão. Uma visão etnográfica da música em Tambores, de Sérgio Raposo, nos aproxima de nossas raízes mais primitivas e Vou rifar meu coração, de Ana Rieper, faz uma radiografia de quem faz e ouve música romântica no Brasil.
 
Todas as seis produções tiveram sessões no MIS: Marcelo Yuka no Caminho das Setas; Tambores; Língua mãe; Siba – Nos balés da tormenta; e Jorge Mautner – O Filho do Holocausto. Para encerrar, hoje (5/6), às 19h30,  tem exibição do Vou rifar meu coração.
 
Sobre o In-Edit
 
O Festival acontece de 1º a 10 de junho em São Paulo, oferecendo mais uma vez os documentários musicais mais relevantes do cenário nacional e internacional. A programação traz um total de 70 títulos, representando 11 países e que serão exibidos em 6 salas da capital paulista: Museu da Imagem e do Som, Cinesesc, Cinemateca Brasileira, Cine Olido, Cine Livraria Cultura e Matilha Cultural. Mais informações no site: http://in-edit-brasil.com/ 
 
Serviço:
Festival In-Edit no MIS
Local: Auditório MIS (173 lugares)
Museu da Imagem e do Som – MIS
Avenida Europa, 158, Jardim Europa, São Paulo | (11) 2117 4777 | www.mis-sp.org.br
Estacionamento conveniado: R$ 8. Acesso e elevador para cadeirantes. Ar condicionado.