MIS estreia o espetáculo audiovisual inédito Kollwitztrasse 52, do diretor Esmir Filho

Experiência híbrida entre teatro, cinema e instalação artística, Kollwitztrasse 52 acontece entre os dias 29 de setembro a 18 de novembro no Espaço Redondo do Museu. De quinta a sábado, ocorrem performances interativas com a instalação vividas por atores como Ines Efrón, Julia Feldens e Ernesto Filho
 
O MIS, instituição da Secretaria de Estado da Cultura, apresenta, em parceria com a CISMA Produções, um espetáculo inédito composto por diversas formas de manifestação artística: Kollwitztrasse 52. Com direção de Esmir Filho (Tapa na Pantera e Os Famosos e os Duendes da Morte) e roteiro de Ismael Caneppele, a atração visa remontar, através do hibridismo entre recursos audiovisuais e performance teatral, a experiência de ambos e da pesquisadora Marta Machado durante um inverno em Berlim, na virada do ano de 2009/2010.
 
Abertos à experiência de viver em comunidade, os três levaram consigo suas câmeras pessoais para registrar a vivência, criando, através das imagens, novas narrativas de si mesmos. Mistura de realidade e ficção, o espetáculo procura repetir em cena o que foi vivido pelos brasileiros em Berlim. Ao transformar o coração do MIS no apartamento em que os artistas habitaram, Kollwitzstrasse 52 traz uma experiência cinematográfica que transborda as telas, com câmeras ao vivo no palco, edição de vídeos em tempo real pelo diretor Esmir Filho e multi telas que dialogam com os atores em cena. 
 
Abrir as portas do MIS para um espetáculo inovador e multifacetado como esse faz parte do posicionamento da nova direção do Museu, que busca promover todas as manifestações artísticas relacionadas a imagem e som. “Agora, integramos à programação um espetáculo cênico, mas que dialoga fortemente com cinema e instalação artística. É uma síntese do que buscamos com a nossa atual linha de atuação no MIS: levar ao público atrações inovadoras e de alta qualidade artística”, afirma André Sturm, diretor-executivo do Museu.
 
Instalação
O Espaço Redondo irá projetar, durante o período de visitação da instalação (29 de setembro a 18 de novembro), cerca de 15 vídeos que contêm um recorte das 123h de material gravado. “Optamos pela não linearidade cronológica da narrativa para criar pedaços de vida manipulados”, conta Esmir Filho. O cenário/instalação leva a assinatura do artista Marcelo Escanuela.
 
Espetáculo
Já nas noites de quinta a domingo, em horários fixos, o Espaço vira palco de um espetáculo que converge as imagens projetadas e editadas ao vivo a performances teatrais. A peça de teatro-filme-instalação conta no elenco com o próprio Caneppele (Os Famosos e os Duendes da Morte) representando si próprio, Ernesto Filho (Antes de Partir), Julia Feldens (Laços de Família, Um só Coração), Ines Efrón (XXY, Medianeras), Juliane Elting (Os Sertões) e o artista plástico Daniel Beerstecher.
 
 
 
Serviço:
Kollwitzstrasse 52 | Espetáculo
Texto Esmir Filho e Ismael Canepelle
Direção Esmir Filho
Data até 18 de novembro
Horário quinta a sábado, às 21h; domingos às 20h (duração: 2h)
Local Espaço Redondo
Entrada R$20,00 (inteira), R$10,00 (meia). À venda na recepção do MIS e no site: www.ingressorapido.com.br  
Classificação 16 anos
 
Kollwitzstrasse 52 | Instalação
Data 29 de setembro a 18 de novembro
Horário terças e quartas das 12h às 21h; quinta a sábado das 12h às 20h; domingo das 11h às 19h
Local Espaço Redondo
Entrada R$ 4,00 (inteira), R$ 2,00 (meia). À venda na recepção do MIS e no site: www.ingressorapido.com.br  
Classificação Livre
 
Museu da Imagem e do Som – MIS
Avenida Europa, 158, Jardim Europa, São Paulo | (11) 2117 4777 | www.mis-sp.org.br
Estacionamento conveniado: R$ 8. Acesso e elevador para cadeirantes. Ar condicionado.