MCB prorroga a mostra “Casas do Brasil 2013 – Habitação ribeirinha na Amazônia” até 15 de setembro

11.09.2013 n5

Público terá mais uma semana para visitar a exposição que revela o equilíbrio entre construções ribeirinhas e meio ambiente

A quinta edição de Casas do Brasil, projeto que propõe a formação de um inventário sobre a diversidade do morar no país, ficará em cartaz por mais uma semana no Museu da Casa Brasileira, instituição da Secretaria do Estado da Cultura. A edição 2013 apresenta a mostra “Casas do Brasil 2013 – Habitação ribeirinha na Amazônia”, com encerramento inicialmente previsto para o dia 8 de setembro. Agora, o público terá a chance até o dia 15 de conhecer aspectos da arquitetura das habitações da região de Nhamundá, município localizado a 570 km de Manaus. No dia 11 de setembro, quarta-feira, a visita é gratuita no horário estendido das 18h às 22h.

Por meio de registros do fotógrafo Eduardo Girão, com curadoria da geógrafa Sandra Lencioni e da socióloga Maria Ruth Amaral de Sampaio, a mostra “Casas do Brasil 2013 – Habitação ribeirinha na Amazônia” apresenta palafitas e casas flutuantes adotadas na região, que representam soluções do morar em harmonia com o meio ambiente. Além das fotografias e textos, a exposição traz maquetes que detalham a adequação da palafita e da casa flutuante ao ritmo de variação do nível das águas. Durante a programação da mostra em agosto, o MCB promoveu duas visitas noturnas especiais: uma com o fotógrado Eduardo Girão e outra com a curadora da exposição, a socióloga Maria Ruth Amaral de Sampaio.

Sobre Casas do Brasil
Realizado desde 2006, o projeto Casas do Brasil procura mapear as diversas tipologias de habitações brasileiras com o objetivo de formar um inventário sobre a diversidade do morar no país. Já foram temas do projeto em exposições no Museu da Casa Brasileira “Barraca Cigana” (2012) e “Casa Xinguana” (2008), entre outros. Cada mostra no MCB corresponde a uma publicação, sendo “Habitação ribeirinha na Amazônia” o quinto volume da série.

Sobre o MCB
O Museu da Casa Brasileira se dedica às questões da cultura material da casa brasileira. É o único do país especializado em design e arquitetura, tendo se tornado uma referência nacional e internacional nesses temas. Dentre suas inúmeras iniciativas destaca-se o Prêmio Design Museu da Casa Brasileira, realizado desde 1986, e que comemora este ano sua 27ª edição.

Sobre Eduardo Girão
Fotógrafo desde 1985, Eduardo Girão graduou-se em Administração de Empresas pela FAAP, em São Paulo, e estudou no International Center of Photography e na Parsons School of Design, ambos em Nova York (EUA). Trabalhou com o fotógrafo americano Jonathan Becker e com o publicitário francês Jean-Paul Goude, em NY para revistas como Town & Country, Vanity Fair e Vogue. No Brasil, colabora com revistas de decoração, arquitetura, comportamento e gastronomia, como Casa Vogue, Vogue, Casa Claudia, Arquitetura e Construção, Kaza, Audi, Natura, Casa e Jardim, Gula e Viver Bem, entre outras.

Sobre Maria Ruth Amaral de Sampaio
É socióloga, professora titular do AUH – Departamento de História da Arquitetura e Estética do Projeto e das Áreas de Concentração Habitat e de Fundamentos e História da Arquitetura do Programa de Pós-Graduação da FAU-USP. Diretora da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU-USP), entre dezembro de 1998 e dezembro de 2002. Atualmente, participa do Laboratório de Fundamentos da Arquitetura e do Urbanismo – LABFAU, do AUH, de grupo de pesquisa sobre “Os espaços e a construção da cidade”. Faz parte também do programa da UNESCO “Profissionais da Cidade”, que tem por objetivo principal incentivar as relações da universidade com a sociedade. É autora de vários livros entre os quais: Casas Proletárias em São Paulo junto com o arquiteto Carlos Lemos; Habitação e Cidade, Promoção Privada da Habitação Econômica e Arquitetura Moderna – 1930-1964.

Sobre Sandra Lencioni
Professora titular do Departamento de Geografia da Universidade de São Paulo (USP), defendeu tese de livre-docência em 1997, tendo desenvolvido seu pós-doutorado em 1992, na Universidade de Paris I (Pantheon-Sorbonne). Possui Bacharelado e Licenciatura em Geografia pela Universidade de São Paulo, (1975). O mestrado e o doutorado são em Geografia (Geografia Humana), sendo o primeiro título de 1985 e, o segundo, de 1991, ambos obtidos na USP. Autora de inúmeros trabalhos científicos e do livro Região e Geografia, uma referência na geografia brasileira, se dedica aos temas: teoria da região, metrópole, indústria e São Paulo. É membro do corpo editorial de inúmeras revistas científicas, nacionais e internacionais.

SERVIÇO:

Casas do Brasil 2013 – Habitação ribeirinha na Amazônia
Visitação: até 15 de setembro de 2013, de terça a domingo das 10h às 18h

Local: Museu da Casa Brasileira
Av. Faria Lima, 2.705 – Jd. Paulistano
Telefone: (11) 3032-3727

Horário de funcionamento: de terça a domingo das 10h às 18h
Ingressos: R$ 4 e R$ 2 (meia-entrada)
Domingos e feriados – gratuito

Acesso a pessoas com deficiência/ Bicicletário com 20 vagas
Estacionamento pago no local
Visitas orientadas: (11) 3032-2564 / agendamento@mcb.org.br
Site: www.mcb.org.br
Redes sociais: www.facebook.com/museu.dacasabrasileira / Twitter: @mcb_org