MAM-SP exibe fotos de Andy Warhol e peças de pioneiro do grafite em SP

No início da década de 1920, Man Ray fez uma série de retratos de Rrose Selavy – uma personagem cujo nome parece soar como “Eros, c’est la vie” (Eros, assim é a vida). Quem a interpretava era um homem, o artista Marcel Duchamp. Sessenta anos depois, em 1981, Andy Warhol e o fotógrafo Christopher Makos se inspiraram em Rrose para desenvolver a série “Imagem Alterada”, que também brinca com o limite entre os gêneros.

A exposição “Lady Warhol”, no Museu de Arte Moderna de São Paulo, traz 50 fotos em que o artista pop aparece caracterizado como mulher. Atualizando a proposta, Warhol e Makos imitaram tanto as poses das modelos nas passarelas como as das mulheres ricas que queriam ser retratadas por Warhol. E em algumas imagens, o contraste entre masculino e feminino é ressaltado pelo fato de Warhol usar peruca e maquiagem ao mesmo tempo em que veste suas roupas usuais.

A abertura do evento, na noite de hoje, contará com a presença do próprio Makos, que foi assistente de Man Ray nos anos 1970. A mostra, que tem curadoria da produtora espanhola La Fabrica, fica em cartaz até 23/6.

Fonte: Valor Econômico