Jornada do Patrimônio Paulista chega a 42 municípios

Ação ocorre em setembro; atividades incluem visitas guiadas e oficinas

Nos cinco finais de semana de setembro, a Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, em parceria com as prefeituras de 42 municípios, realizará a Jornada do Patrimônio Paulista 2018. A ação visa valorizar a história paulista, aproximar o público de patrimônios históricos e culturais e valorizar o potencial turístico, por meio de visitas guiadas a patrimônio edificado, roteiro de passeios, palestras, oficinas e atividades pela cidade.

Sob responsabilidade da Unidade de Preservação do Patrimônio Histórico (UPPH), a Jornada do Patrimônio Paulista teve um projeto piloto em 2017, quando chegou a 15 municípios. A Jornada do Patrimônio Paulista 2018 tem como foco não apenas o patrimônio edificado, material, mas também o dito imaterial, que abrange o conjunto de saberes de um grupo, como as festas, o artesanato e a culinária de cada região.

“Ninguém preserva o que não conhece. A Jornada melhora a relação com o espaço urbano”, afirma o secretário da Cultura do Estado Romildo Campello. Ele enfatiza a Jornada como um evento que fortalece a parceria entre o Estado e os municípios e ressalta o vínculo da preservação com o turismo: “O patrimônio histórico promove a inclusão do ponto de vista sociocultural e socioeconômico; neste aspecto, quando há investimento em cultura, há retorno econômico para a sociedade”.

“A valorização do patrimônio cultural contribui para a construção da identidade do indivíduo e fortalece os municípios”, afirma a coordenadora da Unidade de Preservação do Patrimônio Histórico UPPH, Valéria Rossi Domingos. Ela lembra que em 2017, a Jornada do Patrimônio Paulista teve um projeto piloto, quando chegou a 15 municípios.

Mais informações sobre a Jornada do Patrimônio no site http://www.jornadapatrimoniopaulista.com.br/

Europa e São Paulo

A primeira Jornada do Patrimônio aconteceu em 1984, na França, por iniciativa do Ministro da Cultura Jack Lang, no terceiro domingo de setembro e se chamava “Jornada Portas Abertas nos Monumentos Históricos”. A ideia era abrir as portas de locais reconhecidos como patrimônio nacional, como monumentos, igrejas, casas, bancos, tribunais, prefeituras, hotéis entre outros locais públicos e privados que comumente não estão livremente abertos ao público.

Em 1985, durante a realização da 2ª Conferência de Ministros Europeus do Conselho da Europa, o Ministro Jack Lang propôs a extensão dessa atividade por outros países europeus e imediatamente teve a adesão da Bélgica, Holanda, Luxemburgo, Malta, Escócia e Suécia, que realizaram eventos similares em seus territórios.

Em 1991, o Conselho da Europa instituiu o “European Heritage Days”, ou “Dias do Patrimônio Europeu”, e ao longo dos anos foi ganhando a adesão de 50 países. Atualmente, estima-se que mais de 20 milhões de pessoas visitam cerca de 30.000 locais e manifestações consideradas patrimônio por toda a Europa. Anualmente, é definido um tema para esses dias, sempre estimulando o intercâmbio entre as várias e diferentes culturas presentes na Europa, e desde 1999 o European Heritage Days tem um slogan único: “Europa, um patrimônio comum.”

Em 2015, a prefeitura da cidade de São Paulo instituiu a Jornada do Patrimônio. A partir de 2017, a Secretaria de Estado da Cultura criou o projeto; inicialmente, 15 municípios participaram. Em 2018, este número chega a 42 municípios.

Programação 2018:

1 PEDERNEIRAS 01, 02/set
2 CANANEIA 15, 16/set
3 ARAÇATUBA 15, 16/set
4 BARRETOS 16/set
5 CATANDUVA 15, 16/set
6 DRACENA 15, 16/set
7 LIMEIRA 15, 16/set
8 MOGI DAS CRUZES 15, 16/set
9 PORANGABA 15, 16/set
10 RIBEIRÃO PRETO 15, 16/set
11 SÃO CARLOS 15, 16/set
12 SÃO JOÃO DA BOA VISTA 15, 16/set
13 SERTÃOZINHO 15, 16/set
14 UCHOA 15, 16/set
15 TUPÃ 15, 16/set
16 PONTAL 15, 16/set
17 AMPARO 22, 23/09
18 CAÇAPAVA 22, 23/09
19 CASA BRANCA 22, 23/09
20 ESPÍRITO SANTO DO PINHAL 22/set
21 ITAPETININGA 22, 23/09
22 ITAPIRA 22, 23/09
23 ITU 22, 23/09
24 JABOTICABAL 22, 23/09
25 LEME 22, 23/09
26 MOCOCA 22, 23/09
27 PINDAMONHANGABA 22, 23/09
28 PIRACICABA 22, 23/09
29 SANTA CRUZ DAS PALMEIRAS 17 a 21/09 – escolas e 22/09 – visitações
30 SANTANA DE PARNAÍBA 22, 23/09
31 TATUÍ 22, 23/09
32 CAMPINAS 29, 30/set
33 CARAPICUÍBA 29, 30/set
34 EMBU DAS ARTES 29, 30/set
35 GUARATINGUETÁ 29, 30/set
36 LORENA 29, 30/set
37 PRESIDENTE PRUDENTE 29, 30/set
38 RIBEIRÃO PIRES 29, 30/set
39 SANTO ANDRÉ 29, 30/set
40 SANTOS 29, 30/set
41 SÃO SEBASTIÃO 29, 30/set
42 SÃO VICENTE 29, 30/set

Fonte: SEC