Joan Miró em uma megaexposição imperdível no Tomie Ohtake

 

miro-internaFoto: Divulgação

A época está boa para os amantes de arte em São Paulo, com grandes artistas invadindo as galerias e deixando um rastro de gente interessada por onde passam. Depois de encher suas salas com Yayoi Kusama e Salvador Dalí, o Instituto Tomie Ohtake coloca em cartaz uma megaexposição de outro artista catalão famoso, Joan Miró.

São 22 esculturas, 25 gravuras, 20 desenhos, e 40 pinturas disponíveis aos olhos do público, na mostra gratuita prevista para o dia 20 de maio de 2015. As obras são parte do acervo da Fundação Joan Miró, de Barcelona, na Espanha, e de colecionadores particulares. Boa parte delas estavam em cartaz até outubro no mostra chilena “Joan Miró, La Fuerza de la Materia”, na Fundação CorpArtes.

Surrealista, Miró largou os estudos de administração e se voltou às artes numa época que foi cruel com os grandes talentos artísticos. Passou fome por muito tempo por não obter sucesso e sofria alucinações constantes, o que por sorte acabou por alimentar suas telas e seu estilo marcante.

Após o encontro com Pablo Picasso em Paris, na belle époque, em 1920, envolveu-se com o dadaísmo e teve seu talento reconhecido o suficiente para angrariar riquezas. Para entender mais sobre história da arte, não dá pra perder essa mostra.

Quando: A partir de 20/05 das 11h às 20h

Onde: Instituto Tomie Ohtake – Rua dos Coropés, 88 – Pinheiros

Quanto: Gratuito

Fonte: Hypeness