Instituto Tomie Ohtake abre exposição sobre Frida Kahlo

fridapagFoto: Divulgação

O Instituto Tomie Ohtake abrirá a partir do dia 27 de setembro a exposição ‘Frida Kahlo – Conexões entre Mulheres Surrealistas no México’, com curadoria da pesquisadora, historiadora de arte, Mestre em Museologia, Gestão em Arte e Arte Cinematográfica, Teresa Arcq.

A mostra é composta por cerca de 100 obras de 16 artistas, sendo 33 criações de Frida Kahlo, dividas em 20 produzidas em telas e 13 em papéis. O recorte focaliza especialmente artistas mulheres nascidas ou radicadas no México, protagonistas, ao lado de Frida, de potentes produções, como Maria Izquierdo, Remedios Varo e Leonora Carrington.

Entre as 20 pinturas de Frida, seis são autorretratos. Além da confluência dos grupos de exiladas europeias, e outras visitantes vinculadas ao surrealismo, atraídas pelas culturas ancestrais mexicanas. A junção de pinturas, esculturas, fotografias e documentos favorecem a mostra, permitinco confrontar uma face desafiadora do surrealismo.

A exposição ficará aberta até 10 de janeiro de 2016, de terça-feira a domingo, das 11h às 20h. Os ingressos custam R$ 10 e R$ 5 (para crianças até 10 anos) ; às terças -feiras a entrada é gratuita e podem ser adquiridos através do site ingresse.com, do aplicativo do Instituto Tomie Ohtake, ou na bilheteria do Instituto de terça-feira a domingo, das 10h às 19h.

Fonte: Diário do Grande ABC