Inscrições para o minicurso Recomendações para a reabertura de instituições durante a pandemia

Realizado pelo Ibermuseus, inscrições vão até o dia 17 de julho

Em resposta às necessidades mais iminentes identificadas pelos museus ibero-americanos na pesquisa sobre o impacto do COVID-19, o Ibermuseus lançou um novo projeto de capacitação gratuito e virtual destinado especialmente a quem trabalha em museus públicos e privados nos países ibero-americanos.

A iniciativa, desenvolvida no âmbito de sua linha de Formação e Capacitação, que tradicionalmente realiza atividades presenciais, busca oferecer apoio às instituições no contexto atual. Assim, a partir de julho, será oferecida uma série de três minicursos de capacitação virtual sobre temas relacionados aos protocolos de segurança e a reabertura de instituições, às estratégias e plataformas de comunicação para vincular e expandir o alcance do público e a atenção ao público no contexto pós-pandemia.

Os minicursos terão duração total de 4h30 distribuídas em três sessões de 90 minutos e combinarão aulas expositivas ministradas por instrutores de diferentes países ibero-americanos e sessões de intercâmbio de casos práticos de museus da região, como forma de privilegiar o aprendizado colaborativo. Os cursos de capacitação serão destinados aos profissionais de museus dos 22 países da América Latina e terão capacidade para 50 pessoas cada.

O primeiro curso abordará as Recomendações para a reabertura de instituições patrimoniais e museus durante a pandemia do COVID-19 e ocorrerá nos dias 28, 29 e 30 de julho, das 10h às 11h30 (hora do Chile).

Após o fechamento de museus e outras instituições culturais devido à pandemia de COVID-19 e as consequentes medidas de isolamento tomadas pela maioria dos países do mundo, os museus estão agora enfrentando uma reabertura em condições nunca antes experimentadas e, portanto, cheia de perguntas e incertezas.

Essa reabertura deve levar em conta a segurança do público, dos trabalhadores do museu e também de suas coleções, além de aderir a recomendações e protocolos que restabeleçam a confiança dos cidadãos aos museus e garantam uma visita e interação segura e distanciada de quaisquer riscos à saúde.

Vários países do Espaço Cultura lbero-Americano já iniciaram a retomada e a etapa chamada de nova normalidade e estão reabrindo seus museus ou se encontram em planejamento de abertura. Do México à Espanha, passando pela Costa Rica, Portugal ou Peru, os profissionais envolvidos na elaboração dessas recomendações analisarão neste curso os processos e medidas adotadas e farão um balanço de sua aplicação em alguns museus que já reabriram suas portas para a cidadania.

Objetivos

Oferecer à comunidade ibero-americana documentos de referência e experiências para a reabertura de museus em condições de segurança sanitária durante a pandemia do COVID-19.

Analisar as recomendações e protocolos de reabertura de instituições culturais e museus elaborados por alguns países ibero-americanos.

Fazer um balanço da aplicação dessas medidas em alguns museus que já reabriram suas portas.

O curso é destinado a profissionais de museus da região ibero-americana, cujas funções incluem coordenar os planos e estratégias para reabrir seus museus. As inscrições podem ser feitas até 17 de julho, clicando aqui.

Ao final do curso, os profissionais com 100% de participação receberão um certificado de participação em curso livre, emitido pelo Programa Ibermuseus.

Fonte: Ibermuseus