Impacto da cultura cafeeira na região NE paulista é tema de exposição em Ilha Solteira

Parceria entre SISEM-SP e ACAM Portinari, mostra revela importância do café para o Nordeste paulista

O Museu e Sala de Convenções Nara Lúcia Nonato (Cine Paiaguás), em Ilha Solteira (SP), recebe, de 2 de setembro a 3 de outubro, a exposição “Memórias afetivas e cultura do café na região Nordeste paulista”. São 12 painéis que contam, por meio de fotos e textos, o impacto do cultivo cafeeiro na formação do patrimônio cultural material e imaterial da região, em especial nos séculos XIX e XX. A entrada é gratuita.

Coordenada e produzida por Cibeli Moretti de Oliveira e Evandro Junior Ferreira da Silva, a mostra foi selecionada pelo Edital de Chamada Pública para Exposições Itinerantes da ACAM Portinari realizado em parceria com o Sistema Estadual de Museus (SISEM-SP), instância da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo.

A cultura do café nas principais cidades da região; os tipos de café; produção, colheita, armazenagem e torrefação; o impacto do café para a economia regional; arquitetura de fazendas e vilarejos cafeeiros; além de curiosidades e memórias afetivas são temas que compõem a mostra.

“Com este projeto, esperamos evidenciar a relação da cultura do café – seus personagens, objetos e memórias – com a formação da identidade cultural das regiões de Barretos, São José do Rio Preto e Araçatuba, por meio de vestígios que hoje são encontrados em fazendas, vilarejos e museus locais”, argumenta Evandro Junior. Foram realizadas pesquisas, uma série de visitas e entrevistas para a coleta de todo material em exposição.

Até o fim do ano, a mostra também passará pelos municípios de Penápolis e Birigui. “O programa de exposições itinerantes que o SISEM-SP desenvolve em parceria com a ACAM Portinari materializa o compromisso da Secretaria de Cultura e Economia Criativa de fortalecer os museus paulistas em todas as regiões do Estado com o sentido de propiciar o acesso do público ao nosso patrimônio museal, além de apoiar e estimular os produtores locais, como é o caso dos proponentes desta exposição, cuja temática sem dúvida é de grande interesse para a região”, afirma o diretor do SISEM-SP, Davidson Kaseker.

SISEM-SP

O Sistema Estadual de Museus (SISEM-SP), instância da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, congrega e articula os museus paulistas, com o objetivo de promover a qualificação e o fortalecimento institucional em favor da preservação, pesquisa e difusão do acervo museológico do Estado.

ACAM Portinari

Fundada em 27 de novembro de 1996, a ACAM Portinari (Associação Cultural de Apoio ao Museu Casa de Portinari) administra, em parceria com a Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, três instituições museológicas no interior pertencentes ao Governo do Estado: Museu Casa de Portinari (Brodowski), Museu Histórico e Pedagógico Índia Vanuíre (Tupã) e Museu Felícia Leirner/Auditório Claudio Santoro (Campos do Jordão). A ACAM, que tem sua sede em Brodowski, tem como principal objetivo o desenvolvimento da área cultural, particularmente a museológica, por meio das colaborações técnico-operacional e financeira. A instituição também apoia as ações do SISEM-SP (Sistema Estadual de Museus), com quem realiza importantes iniciativas, como oficinas de capacitação para museus, oficina de ensino à distância e, ainda, o Encontro Paulista de Museus.

SERVIÇO

Exposição “Memórias afetivas e cultura do café na região Nordeste paulista”

Quando: de 2 de setembro a 3 de outubro

Onde: Museu e Sala de Convenções Nara Lúcia Nonato (Cine Paiaguás)

Endereço: Praça dos Paiaguás, 135, módulo L3 – Centro, Ilha Solteira/SP

Expediente: segunda a sexta, das 8h às 17h30; às quartas-feiras, das 20h às 22h

Informações: (18) 3743-6099