III Seminário Olhares da Gestão Cultural

Seminário Gestão Cultural

Especialistas debatem Gestão Cultural em São José dos Campos

O III Seminário Olhares da Gestão Cultural promove uma série de diálogos com pensadores ligados ao tema. O seminário propõe o aprofundamento das discussões sobre as questões que envolvem o universo da Gestão Cultural e seus mecanismos de articulação, além de compartilhar experiências na área.

O evento é uma realização das Oficinas Culturais, Poiesis e Secretaria de Estado da Cultura em parceria com o SESC e Fundação Cultural Cassiano Ricardo e conta com o apoio cultural da Univap e da CCR Nova Dutra. Entre os convidados confirmados se destacam André Sturm, diretor executivo do MIS e presidente do programa Cinema do Brasil, George Yúdice, professor de Línguas e Culturas Modernas da Universidade de Miami (EUA); Ana Carla Fonseca, referência mundial em economia da cultura e Chico Pelúcio, ator e gestor cultural do Grupo Galpão e do Centro Cultural Galpão Cine Horto. Ao final, haverá apresentação do Espetáculo “Vozes Dissonantes”, com Denise Stoklos.

III Seminário Olhares da Gestão Cultural

Data: 8 de abril de 2015 (quarta-feira)
Público: dirigentes culturais, produtores, artistas e pesquisadores
Inscrições: 25/3 a 6/4
Para se inscrever: Clique AQUI 
Seleção: primeiros inscritos, 400 vagas
Local: Univap: Praça Cândido Dias Castejón, 116 – Centro – São José dos Campos.

Programa:

8h30
Credenciamento / Café regional

10h
Abertura

10h15
Cultura e Educação X Cidadania,
Continuidade e Sustentabilidade
Palestrante: Chico Pelúcio

Chico Pelúcio é ator de teatro e cinema, encenador, iluminador, produtor e gestor cultural. Foi um dos fundadores do Grupo Galpão, companhia mineira reconhecida internacionalmente. Idealizou e dirige o Centro Cultural Galpão Cine Horto; coordenou edições do Festival Internacional de Teatro de Rua de Belo Horizonte e presidiu a Fundação Clóvis Salgado, do Governo de Minas Gerais.

11h15

Políticas Culturais Municipais
Palestrante: A confirmar

12h15

Mesa-Redonda: Políticas Culturais
Municipais – Cultura, Educação e Cidadania
Debatedores: Lia Calabre e Chico Pelúcio
Mediadora: Ana Carla Fonseca

Ana Carla Fonseca é formada em Administração Pública pela fundação Getúlio Vargas, tem MBA Executivo pela Fundação Dom Cabral, mestrado em Economia e doutorado em Urbanismo, amos pela USP.
Há 12 anos dirige a empresa Garimpo de Soluções, pioneira nas áreas de economia da cultura e economia criativa. Publicou, entre outros livros, “Economia da Cultura e Desenvolvimento Sustentável”, ganhador do Prêmio Jabuti 2007 em economia, administração e negócios. Já realizou palestras em 21 países.

15h
Gestão Cultural no Setor Público
Palestrante: André Sturm

André Sturm é diretor executivo do Museu da Imagem e do Som (MIS-SP) e presidente do programa Cinema do Brasil. Foi coordenador da Universidade de Fomento e Difusão de Produção Cultural da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo e presidente do Sindicato da Indústria Audiovisual do Estado de São Paulo. Em 1989 criou a Pandora Filmes, distribuidora de filmes de produção independente, pioneira neste segmento no Brasil. Entre 2004 e 2001 foi programador e responsável pelo Cine Belas, Artes em São Paulo.

16h
Cultura e Estado
Palestrante: George Yúdice

George Yúdice é professor titular do Departamento de Línguas e Culturas Modernas da Universidade de Miami Observatory on Communication and Creative Industries. Publicou, entre outros livros, “Política Cultural”. “A conveniência da Cultura: Usos da Cultura em uma Era Global, Nuevas tecnologias, música y experiência” e Culturas emergentes em El mundo hispano de Estados Unidos.

17h
Mesa-Redonda: Gestão Cultural Pública, Estado e Cultura
Debatedores: André Sturm e George Yúdice
Mediadora: Ana Carla Fonseca

18h
Entrega de certificados / Café regional

20h Espetáculo “Vozes Dissonantes”,
com Denise /Stoklos

“Vozes Dissonantes” é um solo que apresenta ideias de filósofos, estetas, políticos e poetas que contribuíram na forma da sociedade brasileira e levantaram suas vozes contas as injustiças: figuras como Padre Antônio Vieira, José Bonifácio, Euclides da Cunha, Milton Santos e outros pensadores que nos inspiram, com sua coragem autoral, a buscar e criar novos rumos para o país. Após a apresentação, haverá um bate-papo com a atriz e diretora.

Denise Stoklos é autora, diretora e atriz, com 45 anos de carreira no teatro. Intérprete de amplo repertório cênico e formação múltipla na área performática, criou o Teatro Essencial, no qual usa o mínimo de recursos externos na interpretação e na dramaturgia. Seus solos teatrais são mantidos em repertório permanente, e já foram apresentados em 33 países. Recebeu prêmios no Brasil – Ordem do Mérito Cultural, Ordem do Rio Branco, Ordem do Pinheiro, Shell, Apetesp, APCA, Mambembe – e no exterior: Romênia. Suíça, Escócia, Cuba e Estados Unidos.