Ibermuseos recebe inscrições para minicurso gratuito sobre museus em transformação

O Museu em movimento: práticas e metodologias de gestão comunitária é o primeiro minicurso deste ano, oferecido pelo Ibermuseos. A atividade, que acontecerá entre os dias 10 e 13 de maio, das 10h às 12h (horário do Chile), será gratuita e está com inscrições abertas até 19 de abril.

Os minicursos propostos na agenda de atividades Ibermuseos 2022 procuram promover práticas sustentáveis ​​nas instituições, por meio do impacto positivo no território e na vida das pessoas e sua sustentabilidade a partir da geração de fontes de receitas próprias que fortalecem a gestão e o funcionamento.

No ano de celebração do 50º aniversário da Mesa Redonda de Santiago do Chile e do 15º aniversário da Declaração da Cidade do Salvador, o Ibermuseos retoma a ideia de “museus em transformação” para apresentar dois museus virtuais e gratuitos independentes e inter-relacionados. São minicursos que reivindicam as novas práticas museológicas após algumas décadas desses eventos relevantes para o setor.

A Mesa Redonda de Santiago promoveu o diálogo sobre a relação dos museus com o meio rural e urbano, com o desenvolvimento científico e tecnológico e com a educação permanente, desde então se afirmou que os museus deveriam assumir um papel decisivo e ativo nas comunidades educativas e nos contextos de suas próprias realidades.

Por sua vez, a Declaração da Cidade de Salvador da Bahia reivindicou a capacidade de construir comunidade por meio da educação. Os museus, com suas coleções e programas, tecem um tecido social essencial nessa construção.

Inscrições

Os interessados em participar podem se inscrever clicando aqui.

O curso será realizado em quatro dias, totalizando 8 horas de duração (2 horas por dia), das 10h30 às 12h30 (horário do Chile). O programa está estruturado em duas sessões teórico-conceituais, ministradas por profissionais especialistas do México, Brasil, Peru e Costa Rica e duas sessões interativas ministradas pelos mesmos tutores. As sessões serão bilíngues.

A atividade é voltada a trabalhadores museológicos profissionais da área educativa, agentes culturais e organizações de base comunitária.

Após a realização do minicurso, os participantes receberão as apresentações dos instrutores, referências bibliográficas e a gravação das duas sessões iniciais.

Os participantes serão conduzidos à reflexão sobre o conceito de comunidade por meio do diálogo com museus que, de diferentes formas e de diferentes espaços, realizam práticas comunitárias. Além disso, será analisado como as comunidades afetam a dinâmica dos museus e como constroem comunidade a partir de sua particularidade institucional.

Fonte: Ibermuseos