Fundação Pró-Memória recebe exposição internacional de arte contemporânea

fundação pro-memoria

A Fundação Pró-Memória de São Caetano do Sul, por meio da Pinacoteca Municipal, apresenta a exposição ECLIPSE – I Mostra Internacional de Arte Contemporânea Brasil/Japão, que reúne obras de cerca de 30 artistas contemporâneos entre brasileiros, nikkeys e japoneses, e faz parte do projeto de intercâmbio entre a Musashino Art University e o Ateliê Fidalga, com apoio do JBAC (Japan Brazil Art Center). A abertura será no dia 15 de março, às 11h, na sede da Pró-Memória (Av. Dr. Augusto de Toledo, 255, Bairro Santa Paula) e contará com apresentações da Corporação Musical Yolanda Ascencio, da Escola Estadual de mesmo nome, e do grupo de taikô Shinkyo Daiko do Clube Recreativo Esportivo Santa Paula – Gonzaga.

O JBAC é constituído por um grupo de artistas visuais japoneses que tem como objetivo espalhar a amizade entre o Japão e o Brasil. A Musashino Art University, localizada em Tóquio, é uma das principais universidades de arte no Japão. Foi fundada em 1929 e entre seus principais cursos figuram pintura japonesa, escultura, desenho industrial, interiores, cenografia e arquitetura.

O Ateliê Fidalga, localizado na cidade de São Paulo há 14 anos, é um espaço criado para trocas, discussões, experimentações, encontros de artistas, com distintas formações, como filosofia, arquitetura, comunicação, literatura e artes visuais, com o objetivo de dialogar sobre suas pesquisas no campo da arte.

A Pinacoteca Municipal é o braço artístico da Fundação Pró-Memória de São Caetano do Sul, instituição que, há 23 anos, dirige ainda o Centro de Documentação Histórica e o Museu Histórico Municipal, edita livros e a revista Raízes. Há 11 anos, a Pinacoteca abriga um acervo de obras de arte contemporânea, além de exibir, preservar, divulgar e promover ações ligadas à arte com ênfase na formação de públicos, além de encontros, oficinas, palestras e demais ações visando difundir a cultura no município e na Grande São Paulo.

“Nesta mostra os artistas japoneses nos trazem obras que remetem a tradição oriental em novas propostas, novos materiais, ideias e elaboração. Os brasileiros inovam e mostram estar inseridos nessa dissolução de limites entre a modernidade e a contemporaneidade. Nas obras dos nikkeys talvez haja o encontro, a assimilação e a compreensão de dois universos que estudaram ou com o qual tiveram contato. Talvez”, afirma a coordenadora da Pinacoteca Municipal, Neusa Schilaro Scaléa.

A exposição ECLIPSE – I Mostra Internacional de Arte Contemporânea Brasil/Japão fica em cartaz na Pinacoteca até o dia 19 de abril, com visitação gratuita, de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h, e aos sábados, das 9h às 13h. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 4223-4780 ou pelo site <http://www.fpm.org.br> www.fpm.org.br.

Programação paralela – Como parte da programação paralela da exposição ECLIPSE, a Fundação Pró-Memória irá oferecer o workshop de Sumi sobre papel washi nesta sexta-feira (14/3), às 19h, na Casa de Vidro (Praça do Professor – ao lado do prédio da Fundação). A oficina visa apresentar a técnica de sumi e dos pigmentos da pintura japonesa. Ela será ministrada por Futoshi Yoshizawa, artista da Universidade Musashino (Tóquio), com residência no Ateliê Fidalga (São Paulo – Brasil). São oferecidas 20 vagas. As inscrições podem ser feitas pelo email pinacoteca@fpm.org.br ou pelo telefone 4223-4780.

Fonte: FPM