Filmes que influenciaram o cinema pós-moderno de Tarantino integram mostra no MIS

 

O aniversário de vinte anos de Cães de Aluguel e o lançamento de seu novo filme de no Brasil, Django Livre, impulsionaram a mostra dedicada a Tarantino. Curso ministrado por Marcelo Lyra complementa a Mostra.
 
De 15 a 20.01 (terça a domingo), o MIS, Instituição da Secretaria de Estado da Cultura, apresenta a Mostra Tarantino, uma seleção de filmes que influenciaram ou marcaram diretamente a produção deste cineasta norte-americano considerado um dos mais aclamados da atualidade. Complementa a mostra o curso O cinema pós-moderno de Quentin Tarantino, ministrado por Marcelo Lyra de 15 a 18.01, das 9h às 12h.
 
Pensada em comemoração ao aniversário de vinte anos de Cães de aluguel, e por ocasião do lançamento do novo filme de Quentin Tarantino, Django Livre, a mostra conta com seleção idealizada por Márcia Scapaticio, e apresenta dez filmes realizados entre as décadas de 1940 e 90. Westerns Spaghetti, Blaxploitation, filmes clássicos e asiáticos: tudo é costurado por Tarantino, fazendo de seus filmes uma “colcha de retalhos pop” que é ao mesmo tempo uma aula de cinema e um exercício de criatividade sem limites.
 
Com o objetivo de estudar as técnicas narrativas de Tarantino, suas influências e as diversas formas de citação que são apresentadas em todos os seus filmes, Marcelo Lyra ministra o curso O cinema pós-moderno de Quentin Tarantino. O curso busca também desconstruir o estilo do diretor, analisando a estrutura dos roteiros, posicionamento de câmera e a dinâmica da montagem, questões essenciais em sua obra, que resultam num cinema que navega entre a ação, o suspense e o humor, criando um estilo único e inconfundível. As inscrições podem ser feitas pelo site MIS (www.mis-sp.org.br).
 
Programação completa
 
15.01 TERÇA
19h Fuga de Nova York (dir. John Carpenter, Reino Unido/EUA, 1981, 99 min, 14 anos)
21h Jogo da morte (dir. Roberto Clouse, EUA, 1978, 99 min, 14 anos)
 
16.01 QUARTA 
19h O grande golpe (dir. Stanley Kubrick, EUA, 1956, 85 min, 14 anos)
 
17.01 QUINTA 
19h Ajuste final (dir. Joel e Ethan Coen, EUA, 1990, 115 min, 16 anos)
21h Shaft (dir. Gordon Parks, EUA, 1971, 100 min, 18 anos)
 
18.01 SEXTA 
19h Rastros de ódio (dir. John Ford, EUA, 1956, 119 min, 16 anos)
21h Django (dir. Sérgio Corbucci, Itália, 1966, 90 min, 16 anos)
 
19.01 SÁBADO
16h O grande golpe (dir. Stanley Kubrick, EUA, 1956, 85 min, 14 anos)
18h A morte anda a cavalo (dir. Giulio Petroni, Itália, 1967, 115 min, 14 anos) 
20h O homem que quis matar Hitler (dir. Fritz Lang, EUA, 1941, 105 min, 14 anos)
 
20.01 DOMINGO
16h O homem que quis matar Hitler (dir. Fritz Lang, EUA, 1941, 105 min, 14 anos) 
18h Jogo da morte (dir. Roberto Clouse, EUA, 1978, 99 min, 14 anos)
20h Yojimbo  (dir. Akira Kurosawa, Japão, 1961, 110 min, 16 anos)
 
 
S e r v i ç o
 
Mostra Tarantino
15 a 20 de janeiro de 2013 | diversos horários
Auditório MIS (173 lugares) e Auditório LABMIS (66 lugares)
R$4 (inteira), R$2 (meia) 
 
Curso O cinema pós-moderno de Quentin Tarantino | com Marcelo Lyra
15 a 18 de janeiro, das 9h às 12h
Auditório LABMIS (66 lugares)
R$50,00 | Inscrições pelo site www.mis-sp.org.br
60 vagas
Seleção por ordem de inscrição
 
Museu da Imagem e do Som – MIS
Avenida Europa, 158, Jardim Europa, São Paulo | (11) 2117 4777 | www.mis-sp.org.br 
Estacionamento conveniado: R$ 8. Acesso e elevador para cadeirantes. Ar condicionado.
 
Fonte: Museu da Imagem e do Som