Festival de Inverno de Campos do Jordão começa dia 5 de julho

festival-inverno-2014 2

O mais importante festival de música clássica da América Latina oferece uma extensa programação de concertos

 

Para aqueles que gostam de inverno e música clássica,começa no dia 5 de julho, o 45º Festival Internacional de Inverno de Campos do Jordão , o mais importante festival de música clássica da América Latina. O evento oferece uma extensa programação de concertos, a maioria gratuitos, com a participação de prestigiados artistas e grupos convidados, nacionais e internacionais, que se apresentam pelos diversos palcos oficiais espalhados pela cidade. O Festival vai até o dia 3 de agosto.

A abertura contará com apresentações da Osesp, os Coros da Osesp e Acadêmico da Osesp, o barítono Paulo Szot e solistas convidados, executando a Nona Sinfonia de Beethoven, sob a regência de Marin Alsop. O encerramento, também será com a Osesp, mas sob a regência de Giancarlo Guerrero, tendo como solista convidado o violonista Manuel Barrueco. Ambos os concertos acontecem no Auditório Cláudio Santoro, em Campos do Jordão.

Programação

O Festival terá 27 concertos de orquestras e bandas sinfônicas, entre as mais importantes do Brasil. Além da Osesp, a Orquestra Sinfônica Brasileira, a Filarmônica de Minas Gerais, a Orquestra Sinfônica do Teatro Municipal de São Paulo, a Orquestra do Theatro São Pedro e a Orquestra Petrobras Sinfônica.

Também os instrumentistas de sopro têm espaço privilegiado na programação, com destaque para o trompista alemão Stefan Dohr (1ª trompa da Filarmônica de Berlim), o flautista norte-americano Ransom Wilson, o oboísta brasileiro radicado na Alemanha, Washington Barella, o clarinetista inglês Mark van de Wiel (1º clarinete na Orquestra Philharmonia de Londres) e o fagotista brasileiro Fabio Cury (OSTM – SP).

No Castelo de Campos estarão concentradas as atividades pedagógicas do Festival. Os 145 bolsistas dessa edição, distribuídos em classes de 16 instrumentos, composição e regência, assistem aulas e masterclasses ministradas por cerca de 40 professores, entre os melhores do país e do mundo, além de terem hospedagem, alimentação e transporte inteiramente custeados pelo Festival.

O Prêmio Eleazar de Carvalho, oferecido pela Secretaria da Cultura, por intermédio da Fundação Osesp, contemplará o bolsista que mais se destacar nessa edição, concedendo a ele uma bolsa de US$ 1,4 mil (um mil e quatrocentos dólares) mensais para estudar por um período de até nove meses em uma instituição estrangeira de sua escolha, além de ter cobertas as despesas de translado entre o Brasil e o exterior.

Fonte: SP Notícias

Do Portal do Governo do Estado