FAMA Museu anuncia selecionados no Edital 2021

A FAMA Museu, instituição sediada em Itu (SP), anunciou os artistas selecionados no Edital FAMA Museu 01/2021, iniciativa que busca incentivar a produção artística contemporânea no estado de São Paulo e valorizar a diversidade cultural por meio da multiplicidade de expressões artísticas e manifestações culturais.

Após a análise de 299 inscritos, a comissão julgadora, formada pelas curadoras convidadas Priscila Arantes e Renata Felinto, elegeu os projetos Aquilo que sempre se chamou de arte, de Mônica Nador, com o JAMAC (Jardim Miram Arte Clube), e Não Consigo Respirar, de Sérgio Adriano H.

Cada artista receberá R$ 50 mil, valor que deve ser utilizado em todos os custos para a realização do projeto inédito e referente ao Prêmio de Aquisição. As mostras de curta duração serão expostas no segundo semestre deste ano em espaços distintos da Instituição. Ao final de cada exposição, se aprovado pela Comissão de Acervo, uma obra de cada projeto receberá o Prêmio Aquisição e será incorporada ao acervo da FAMA Museu.

Tendo em vista a qualidade e o grande número de projetos apresentados, foram selecionados dois projetos pela comissão julgadora. O primeiro, “Aquilo que sempre se chamou arte” da artista Monica Nador e do JAMAC (Jardim Miriam Arte Clube), voltado ao diálogo, participação e aproximação junto à comunidade local, vizinha à FAMA Museu, por meio de oficinas de desenho e estêncil. O projeto envolve temas como arte, diversidade, cultura, direito à cidadania e memória, e, dentro de uma perspectiva coletiva e colaborativa de criação, aponta para questões chaves bem como para uma possível reconfiguração da paisagem do museu e ressignificação de seu acervo.

O segundo projeto selecionado pela comissão julgadora “Não consigo respirar” do artista Sergio Adriano H, com curadoria de Claudinei Roberto, representa não somente a escolha pelo debate, no campo da arte, voltado à violência e ao apagamento social e cultural gerados pelo racismo estrutural, mas também a incorporação, dentro de uma perspectiva plural, de outras linguagens artísticas para o acervo do museu.

Fonte: Fama Museu