Exposições são destaques nas visitas noturnas de fevereiro no MCB

museu-da-casa-brasileira-gratuitamente-as-quartas

O Museu da Casa Brasileira, instituição da Secretaria de Estado da Cultura, oferece visitas noturnas em quartas-feiras alternadas, com gratuidade para o ingresso das 18h às 22h. A ação visa ampliar o acesso do público em horários alternativos, tendo contribuído para o crescimento da frequência ao MCB para patamares superiores aos 100 mil visitantes anuais. No mês de fevereiro, as visitas acontecem nos dias 5 e 19.

Na primeira data, o público terá a oportunidade de visitar “Patrimônio Paulista: a caminho do Oeste e patrimônio escolar” (foto acima), que fica em cartaz até 16 de fevereiro. A mostra é resultado da pesquisa elaborada para o terceiro e o quarto volumes da coleção Patrimônio Paulista, respectivamente “A caminho do Oeste” e “Patrimônio escolar: uma saga republicana”, publicados pela Editora Terceiro Nome. Os textos da escritora e cientista social Margarida Cintra Gordinho e as fotografias de Iatã Cannabrava, Malu Teodoro e Vinícius Assencio abordam aspectos da ocupação do interior paulista e a formação de seu patrimônio cultural, revelando também a expressividade das edificações escolares construídas em São Paulo entre 1890 e 1930.

Já no dia 19, será possível conhecer a nova exposição temporária do MCB, “Harry Seidler: arquitetura, arte e design colaborativo”, que abre em 11 de fevereiro. Com curadoria de Vladimir Belogolovsky e co-curadoria de Wilson Barbosa Neto, reúne originais, muitos deles realizados à época dos projetos, como modelos arquitetônicos, desenhos e esboços, além de maquetes de esculturas, fotografias, filmes e documentos pessoais de Seidler. A mostra destaca projetos residenciais e comerciais do arquiteto, revelando também, por meio de documentos e imagens, a proximidade entre Seidler e Oscar Niemeyer e a influência do brasileiro em seu trabalho.

Tanto no dia 5 quanto no dia 19, os visitantes poderão acompanhar as mostras de longa duração “Coleção MCB”, com móveis e utensílios da casa brasileira dos séculos 17 ao 21, e “A Casa e a Cidade – Coleção Crespi-Prado”, que retrata um importante capítulo do desenvolvimento paulistano entre o final do século 19 e meados do século 20 a partir do cotidiano e da trajetória dos moradores originais da casa que hoje abriga o MCB: o casal Fábio Prado e Renata Crespi.

Realizadas desde o início de 2012, as visitas noturnas conquistaram média de público anual de 2 mil pessoas.Além das exposições de acervo e mostras temporárias sobre arquitetura e design, os visitantes tiveram acesso também a atrações especialmente elaboradas para o horário estendido, como visitas orientadas por curadores, apresentações musicais, lançamento de documentário, debates, entre outras programações.

Em todas as aberturas noturnas, o Museu da Casa Brasileira atende ao público espontâneo e a grupos agendados. Os interessados em realizar visitas educativas podem ligar para (11) 3032-2499 e saber mais detalhes sobre esta iniciativa e as atrações em cartaz.

Sobre o Museu da Casa Brasileira
O Museu da Casa Brasileira se dedica às questões da cultura material da casa brasileira. É o único do país especializado em design e arquitetura, tendo se tornado uma referência nacional e internacional nesses temas. Dentre suas inúmeras iniciativas, destaca-se o Prêmio Design Museu da Casa Brasileira, realizado desde 1986, e o projeto Casas do Brasil, que promove um inventário sobre as diferentes tipologias de morar no país.

SERVIÇO:

Visitas Noturnas 2014
Data: 5 e 19 de fevereiro
Horário: das 18h às 22h – Gratuito

Local: Museu da Casa Brasileira
Av. Faria Lima, 2.705 – Jd. Paulistano
Tel.: (11) 3032-3727

VISITAÇÃO
De terça a domingo, das 10h às 18h
Ingressos: R$ 4,00 – Meia entrada: R$ 2,00
Gratuito aos domingos e feriados

Acesso a pessoas com deficiência / Bicicletário com 20 vagas
Estacionamento pago no local

Visitas orientadas: (11) 3032-2564 / agendamento@mcb.org.br
www.mcb.org.br