Exposição sobre o Jongo no Sudeste movimenta Campinas (SP)

A cidade de Campinas, em São Paulo, recebe nesta quinta-feira, dia 14 de novembro, a exposição fotográfica Jongo no Sudeste – São Paulo, uma ação do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional em São Paulo (IPHAN-SP), em conjunto com a Comunidade de Jongo Dito Ribeiro e a Prefeitura Municipal. Será uma exposição itinerante que será montada em vários pontos da cidade.

As fotos são do fotografo Reinaldo Meneguim, produzidas em janeiro de 2013, quando foi gravado, in loco, o CD com pontos de referência dos grupos alocados no estado. A exposição apresenta 40 imagens, sendo 10 de cada grupo, selecionadas pelos próprios jongueiros. Desde o ano 2000 a Comunidade Jongo Dito Ribeiro reconstitui a manifestação do Jongo em Campinas a partir da memória do jongueiro Benedito Ribeiro. O objetivo é compartilhar e continuar a vivência dessa cultura ancestral, que traz muitos ensinamentos, boas energias e força para lutar pelos seus direitos.

O Jongo no Sudeste foi registrado como Patrimônio Cultural Brasileiro em 15 de dezembro de 2005 e abrange grupos dos estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Espírito Santo. Em São Paulo estão o Jongo de Quilombolas (Guaratinguetá), Jongo de Piquete (Piquete), Jongo Mistura da Raça (São José dos Campos) e Jongo Dito Ribeiro (Campinas).

O jongo é uma forma de expressão afro-brasileira que integra percussão de tambores, dança coletiva e práticas de magia. No Brasil, o jongo consolidou-se entre os escravos que trabalhavam nas lavouras de café e cana-de-açúcar, no sudeste brasileiro, principalmente no vale do Rio Paraíba. Trata-se de uma forma de comunicação desenvolvida no contexto da escravidão e que serviu também como estratégia de sobrevivência e de circulação de informações codificadas sobre fatos acontecidos entre os antigos escravos por meio de pontos que os capatazes e senhores não conseguiam compreender.

Além das ações de salvaguarda interestaduais orientadas pelo IPHAN e Pontão do Jongo/Caxambu o projetoJongo no Sudeste – São Paulo e abrange diversas ações de salvaguarda especificas e pontuais que são direcionadas aos grupos do estado.

Serviço:
Exposição Fotográfica Jongo no Sudeste – São Paulo
Data: 14 de novembro de 2013, partir das 19h
Local: Casa de Cultura Fazenda Roseira,
Rua Av. John Boyd Dunlop, s/nº
Jardim. Roseira – Campinas-SP.

Fonte: Iphan