Exposição reúne tatuagens transformadas em arte feita com lixo

Espetáculo “Imagem-nua e outros contos” O que estava destinado ao lixo não passou despercebido pelo olhar criativo do artista plástico e tatuador Edgar Camargo, que leva ao Berlin Hair, na rua Augusta, o “Projeto Papelão”, uma exposição de obras feitas com papelão reutilizado. A mostra pode ser conferida até dia 28 de fevereiro, de segunda a sábado, das 10h às 21h, com entrada Catraca Livre.

Proprietário do estúdio True Love Tattoo, localizado na Bela Vista, Edgar Camargo transforma suas tatuagens em arte feita com lixo. Ele recolheu algumas amostras na rua e passou dias trabalhando no material, utilizando canetas poscas, tinta látex e spray. O resultado foi uma série de ilustrações tridimensionais que viajou o mundo e foi exposta na Galeria Forman’s Smokehouse Gallery em Londres, e na Oude Kerk em Amsterdam.

De volta ao Brasil, o artista foi convidado por marcas nacionais para realizar trabalhos personalizados. Assim, decidiu elaborar uma séria inédita para o público brasileiro com a ajuda da equipe de seu estúdio. Durante a mostra, o público pode conferir obras que seguem linhas de tatuagens clássicas, como o old school e o tribal. A exposição conta com mais de 30 desenhos assinados por Abel de Moraes, Alan Crisogano, Gabriela Santiago, Juliana Odett, Saulo Couto, além do próprio Edgar Camargo.

Projeto Papelao - por Abel Moraes e Edgar Camargo “Projeto Papelão” – por Abel Moraes e Edgar Camargo

 

Projeto Papelao - por Juliana Odett e Edgar Camargo 1 “Projeto Papelão” – por Juliana Odett e Edgar Camargo

 

Fonte: Catraca Livre