Exposição ‘Marcas Registradas’

marcas registradas

A exposição “Marcas Registradas” revela, em imagens e objetos, a diversidade gráfica dos elementos e cores que criaram a identidade visual do mobiliário das barracas do comércio de rua em Salvador. Fotografias do arquiteto Michel Gorski, registradas durante a festa de Yemanjá, compõem a mostra, ao lado de peças de caráter lúdico e outras de uso cotidiano com estampas e adesivos inspirados na linguagem gráfica popular.

“Marcas Registradas mistura uma exposição com um parque de jogos interativos: reais ou virtuais, individuais ou coletivos, monitorados ou livres. A mostra conta a história de bancos e mesas de madeira simples que, pintados, singularizavam o mobiliário de cada barraca nas festas de largo em Salvador, Bahia, até 1998, quando foram compulsoriamente substituídos por móveis de plástico.

Pela madrugada, bancos e mesas empilhados, formavam maravilhosos painéis coloridos, objetos originais da arte popular brasileira, que fazem contraponto à azulejaria do artista Athos Bulcão, e dialogam com obras da Op Art, do holandês M.C. Escher, e do húngaro Victor Vasarely. Este universo aparece nas obras dos fotógrafos Adenor Gondim, Mario Cravo Neto e Miguel Rio Branco.

As fotografias de Michel Gorski, captadas na véspera da festa de Yemanjá, dia primeiro de fevereiro de 1995, no bairro do Rio Vermelho, são as fontes das Marcas Registradas, que explodem num sem número de combinações. Este conjunto possibilita atividades ludo-educativas dirigidas principalmente ao público infantojuvenil, mas desfrutável por todas faixas etárias, principalmente nas áreas de artes visuais e matemática.

Amigo desde o Jardim da Infância, Michel é arquiteto e viajante de São Paulo, sua cidade, e de todas que consiga conhecer nesta vida. Nossos caminhos seguiram distintos, mas paralelos e não raro convergentes, mesmo quando separados por grandes distâncias. Desde então, continuamos gostando muito de brincar.”

Texto do curador Salomon Cytrynowicz para a exposição “Marcas Registradas”

Apoio: SESC-SP, Construtora Atlântica Cibracon e portal Arquiteturismo

Fonte: MCB