Exposição leva atrações do Museu da Língua Portuguesa a Sorocaba

Mostra Estacao da Língua

Mapa dos Falares é uma das atrações da mostra em Sorocaba (Foto: Divulgação)

Mostra Estação da Língua será aberta nesta terça-feira (15).
Objetivo é ‘aproximar o museu do povo paulista’, diz o diretor.

Será aberta ao público nesta terça-feira (15) em Sorocaba (SP) a exposição Estação da Língua, uma espécie de versão itinerante do Museu da Língua Portuguesa, localizado na capital. É a terceira parada da mostra, que já esteve em Santos e Registro e depois passará por Campinas, São Bernardo do Campo, Ribeirão Preto e São José do Rio Preto.

“Nosso museu é do governo do Estado, recebemos muitas excursões vindas do interior, e sentimos que era nossa obrigação se aproximar do público paulista”, diz o diretor do museu, Antonio Carlos Sartini.

A exposição levou dois anos para ser montada e o projeto todo custa R$ 2 milhões, incluídos os custos com o transporte pelas cidades do interior. A verba foi obtida junto a patrocinadores, com auxílio da Lei Rouanet, de incentivo à cultura. “Foram anos pensando numa exposição, e ela tinha que ser à altura do nosso museu, com as mesmas escritas expositivas. O Museu da Língua Portuguesa trabalha com os princípios de tecnologia e interatividade, e não faria sentido levar ao interior uma mostra que não seguisse a mesma linha”, completa Sartini.

Além de reprodução de parte do acervo permanente do museu, como a linha do tempo da língua e os totens com o significado e a origem de muitas palavras, a mostra traz um item inédito, o Mapa dos Falares Paulistas, que mostra os diferentes sotaques e expressões de diversas regiões do Estado. “É um trabalho fruto de pesquisa realizada pela Universidade Federal do Paraná e que depois será incorporado ao acervo do museu”, conta o diretor.

A mostra em Sorocaba será realizada no Espaço São Bento, que fica no Largo de São Bento, 144, Centro. A exposição será aberta ao público de terça a sexta, das 10h às 18h, e nos fins de semana, das 10h às 16h, até o dia 10 de novembro, com entrada franca. Escolas podem fazer agendamento prévio com Ricardo, pelo telefone (15) 99654-0650.

Fonte: G1