Exposição fotográfica “Vidas Refugiadas” volta a São Paulo

Mostra do fotógrafo Victor Moriyama fica em cartaz até o dia 28 de maio no Museu da Imigração

A exposição fotográfica “Vidas Refugiadas”, focada no cotidiano de oito mulheres refugiadas que vivem no Brasil, volta para São Paulo e comemora um ano de itinerância no mês da mulher. O Museu da Imigração – instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo – irá receber a mostra promovida com o apoio do Instituto de Políticas Públicas em Direitos Humanos do Mercosul (IPPDH). A abertura acontecerá no dia 18 de março, às 11h, com entrada gratuita.

Com 22 imagens do fotógrafo Victor Moriyama, a exposição revela as necessidades, os dilemas e as conquistas das mulheres retratadas, apresentando ao público uma oportunidade de reflexão sobre a integração das refugiadas à vida no Brasil.

Seja pelas singulares expressões das fotos em estúdio ou mesmo dos registros das refugiadas durante o cotidiano, a exposição revela as dificuldades e os problemas enfrentados por elas, ao mesmo tempo em que joga luz sobre suas conquistas, seus valores e seus esforços feitos para construir dias melhores no país que as acolheu como refugiadas.

No lançamento da exposição, haverá um bate-papo com a participação da realizadora e curadora do projeto, a advogada Gabriela Cunha Ferraz, uma representante da Prefeitura de São Paulo, Corina Leguizamón do IPPDH, a refugiada Nigeriana Nckechinyere Jonathan e a Cubana Maria Illeana Faguaga Iglesias.

Serviço

Exposição fotográfica “Vidas Refugiadas”
Data: 18 de março, 11h
Visitação aberta até dia 28 de maio
Entrada: gratuita
Local: Museu da Imigração – Rua Visconde de Parnaíba, 1316, Mooca – SP
Horário de funcionamento é de terça a sábado, das 9h às 17h, e aos domingos das 10h às 17h.

Outras informações estão disponíveis no site www.museudaimigracao.org.br

 

Fonte: Assessoria de Comunicação | Museu da Imigração
Imagem: Divulgação