Exposição em São Paulo mostra lado romântico de Cazuza

Começa nesta terça (22), no Museu da Língua Portuguesa, em São Paulo, uma exposição sobre a vida do cantor.

N2 28-10-2013

“O Museu da Língua Portuguesa queria pela primeira vez mostrar a relação de poesia e literatura com a música brasileira. A gente quis colocar o Cazuzaaqui porque o Cazuza é um poeta jovem. Ele mostra o papel da juventude, que é o papel de transformar o mundo. A gente quis mostrar na verdade que Cazuza é muito atual e atemporal”, explica o curador da exposição, Grindo Cardia.

“Muito pelas suas letras. São eternas. Eu diria que são eternas”, afirma uma mulher.

“É muita riqueza poética. Tem que ser destacado. Ele tem que ser lembrado de todas as formas, em todos os cantos”, diz uma jovem.

“A sala que eu chamo ‘entrando na cabeça do poeta’. Que é uma sala para gente só sentir. É uma sala para sentir o que o Cazuza falava, como se a gente entrasse na cabeça dele, diz Grindo Cardia.

Objetos pessoais do cantor também fazem parte da exposição, uma realização do Museu da Língua portuguesa e da Fundação Roberto Marinho.

“Para quem não conhece o Cazuza, só conhece o Cazuza polemico, louco, vai conhecer o Cazuza poeta, romântico. Acho que é uma experiência que todos têm que passar”, sugere uma jovem.

“Vai ter muita gente depois dessa exposição que vai virar fã, com certeza”, arrisca uma mulher.

“A intenção dessa exposição é mostrar o Cazuza como poeta, como criador”, explica o curador.

Fonte: G1