Exposição ‘Cinema Lascado’ tem paisagens desfiguradas

Giselle-Beiguelman cinema lascado perimetral videoinstalacao 2016

Mostra tem fotografias, vídeo instalações e projeções de Giselle Beiguelman

 

Caixa Cultural São Paulo recebe a exposição Cinema Lascado, que apresenta um recorte dos últimos 10 anos de produção da artista e pesquisadora Giselle Beiguelman. A abertura aconteceu no dia 16 de julho, e segue em cartaz até 25 de setembro com visitação de terça a domingo, das 9h às 19h.

 

Sob curadoria de Eder Chiodetto, a mostra é composta por vídeo instalações, projeções e 22 imagens inéditas, resultantes de pesquisas da artista sobre imagem digital, estéticas da obsolescência tecnológica e paisagens urbanas arruinadas.

 

Utilizando-se de softwares, ferramentas e aparatos eletrônicos de várias gerações, a produção de Giselle Beiguelman problematiza a tecnologia no campo estético. Seus vídeos fazem o espectador viajar pelo tempo entre a “paleoweb” e o pós-cinema, e suas imagens entre o low-tech e o hi-tech. São viagens por paisagens urbanas que choram, que explodem, que passam rapidamente pelos olhos e se fixam na memória, que discutem, em paralelo, ainda, o consumo desenfreado de tecnologia e a obsolescência programada.

 

Sobre Giselle Beiguelman

Artista e professora da FAU-USP, Giselle é um dos principais nomes internacionais da artemídia. Nos últimos anos, tem se concentrado em uma vigorosa pesquisa poética sobre a imagem e suas transformações.

 

Serviço:

Exposição Cinema Lascado

Caixa Cultural São Paulo

Praça da Sé, 111 – 8 andar

Sé – Centro – São Paulo

(11) 3321 – 4400

Terça a domingo, das 9h às 19h

 

 

Fonte: Catraca Livre