Estação Cultural da Fundação Romi abre edital para recebimento de propostas de ações na área do Patrimônio Histórico

A Estação Cultural da Fundação Romi, espaço plural e multicultural localizado no prédio da antiga estação ferroviária de Santa Bárbara d’Oeste, abre inscrição para oficineiros e educadores culturais da cidade e região, interessados em realizar atividades direcionadas à área do Patrimônio Histórico com o objetivo de preservar e difundir a história da ferrovia e da Estação Ferroviária da Companhia Paulista de Santa Bárbara d’Oeste. As inscrições podem ser feitas até 09 de fevereiro.

O edital visa a receber propostas que trabalhem com a preservação da história da Estação Ferroviária da Companhia Paulista de Santa Bárbara d’Oeste, inaugurada em 1917, com a realização de ações que difundam sua história e sua importância para o desenvolvimento socioeconômico e cultural da cidade e região. “O conjunto arquitetônico da hoje Estação Cultural, preserva e guarda uma parte importante da história de Santa Bárbara d’Oeste e seu desenvolvimento. Por meio do recebimento das propostas de atividades ligadas ao Patrimônio Histórico, buscamos incentivar a população a conhecer a história da ferrovia e sua importância para a cidade e região”, explica o superintendente da Fundação Vainer Penatti.

Tradicionalmente, grande parte da urbanização do país se deu ao redor de igrejas e estações ferroviárias, de modo que esse patrimônio de interesse público deva ser preservado. “Em nossa trajetória, mais de 200 mil pessoas foram beneficiadas, gratuitamente, por nossas ações. Pretendemos manter viva a memória dos trens e da ferrovia, conservando e divulgando essa história. Considerando a própria Revitalização da Estação Ferroviária de Santa Bárbara d’Oeste como ponto de partida para a valorização desta história, nada mais justo que oferecer atividades que tragam memórias ao público frequentador do local”, enfatiza o superintendente.

Somente serão aceitas propostas na área de Patrimônio Histórico, com foco na história da Estação Ferroviária de Santa Bárbara d’Oeste. Podem participar do processo oficineiros e educadores culturais da cidade e região, maiores de 18 anos, que tenham personalidade jurídica regularmente constituída, podendo ser nas categorias MEI (Microempreendedor Individual), ME (Microempresa) ou outra forma jurídica prevista em lei correspondente à área de atuação da proposta

O edital EC 0001/2020 Chamada Pública para Oficineiros e Educadores Culturais para a área de Patrimônio Histórico na Estação Cultural em 2020 está disponível para consulta aqui. As inscrições online podem ser feitas clicando aqui ou pessoalmente, na administração da Estação Cultural, de terça a sexta-feira, das 9h às 18h, aos sábados, das 8h às 17h e, aos domingos, das 8h às 12h. É recomendado que seja feita leitura do edital antes de realizar a inscrição pois no documento, constam informações importantes sobre o processo seletivo.

A Estação Cultural está localizada na Avenida Tiradentes, 02, no Centro de Santa Bárbara d’Oeste (SP). Mais informações podem ser acessadas no site www.estacaocultural.org.br ou pelos telefones (19) 3455-4833 ou 3455-4830.

SERVIÇO

Edital EC 0001/2020 Chamada Pública para Oficineiros e Educadores Culturais para a área de Patrimônio Histórico

Inscrições até 09 de fevereiro: on-line, clique aqui ou pessoalmente, na administração da Estação Cultural, de terça a sexta-feira, das 9h às 18h, aos sábados, das 8h às 17h e, aos domingos, das 8h às 12h.

Para consultar o edital, clique aqui.

Estação Cultural da Fundação Romi

Avenida Tiradentes, 02, Centro, Santa Bárbara d’Oeste (SP).

Mais informações: www.estacaocultural.org.br ou pelos telefones (19) 3455-4833 ou 3455-4830.

Fonte: Estação Cultural