O tema proposto para o 8º Encontro Paulista de Museus e que permeou todas as suas atividades foi “Redes e Sistemas de Museus: Ações Colaborativas”, destacando a importância destas organizações para o desenvolvimento pleno das atividades museológicas e a execução eficiente de políticas públicas culturais.

Seguindo modelo semelhante a 2016, as mesas e painéis do 8º EPM foram descentralizadas, distribuídas por diferentes auditórios de importantes equipamentos culturais do centro de São Paulo. A abertura do Encontro, no dia 13 de junho, aconteceu na Sala São Paulo, ao lado da Estação Júlio Prestes. No segundo dia, as atividades da manhã aconteceram no teatro do SESC Bom Retiro, enquanto que as da tarde foram distribuídas nos auditórios da Pinacoteca de São Paulo e da Escola de Música do Estado de São Paulo Tom Jobim, e nas salas anexas da Sala São Paulo e da Estação das Artes. No terceiro e último dia do evento, em 15 de junho, as atividades aconteceram apenas no auditório da Secretaria da Cultura, com montagem de um telão no Salão Nobre.