Durante exposição público poderá escolher sua peça favorita em uma votação popular presencial de 7 a 22 de maio

As celebrações dos 30 anos do Prêmio Design MCB começam com uma exposição inédita com todos os cartazes inscritos no Concurso do Cartaz 2016. A abertura acontece no dia 7 de maio, às 11h, (entrada gratuita) no Museu da Casa Brasileira, instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo. Em exibição até 22 de maio, a mostra reúne mais de 500 trabalhos enviados por profissionais e estudantes de design gráfico e áreas afins, de várias partes do Brasil. Sem tema definido, o critério de seleção baseou-se no impacto visual e criatividade das peças. O evento é realizado em parceria com a Revista Zupi, que lançará o 50º número de sua publicação com uma notícia destacando o vencedor do Concurso escolhido pela comissão julgadora, que este ano foi coordenada pelo artista e designer gráfico, Rico Lins.

Pela primeira vez o público do museu poderá votar no seu cartaz preferido
Durante a mostra, os visitantes poderão escolher o seu cartaz favorito em uma votação popular que acontece pela primeira vez no concurso, feita presencialmente durante o período da exposição. O cartaz com mais votos será exposto ao lado dos selecionados pela comissão julgadora durante a exposição do 30º Prêmio Design MCB, realizada a partir de 24 de novembro. Tanto o ganhador do Júri popular como o escolhido pela comissão julgadora receberão uma assinatura da Revista Zupi e um kit com suas publicações.

Ponto de partida para o desenvolvimento da identidade visual da edição comemorativa de 30 anos do Prêmio Design MCB, a primeira Mostra do Concurso do Cartaz visa reforçar o caráter pioneiro do evento, além de reunir e reconhecer o trabalho dos profissionais das áreas afins na construção da identidade do design nacional.

Comissão julgadora do Concurso do Cartaz 2016
Coordenada pelo artista gráfico e designer Rico Lins, o júri do Concurso do Cartaz está composto por Carla Caffé, arquiteta e desenhista que atua na área do cinema e teatro; Carla Castilho, jornalista de formação que atualmente trabalha com diversos projetos editoriais; Chico Homem de Melo, designer e professor da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP, e as designers gráficas que atuam na área editorial Eliane Stephan, Mariana Bernd e Monique Schenkels.

Sobre o Prêmio Design MCB
Realizado desde 1986 pelo Museu da Casa Brasileira, instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, o Prêmio Design MCB é o reconhecimento mais tradicional do segmento no país e desde seu início tem servido para revelar talentos e consagrar profissionais e empresas. O Prêmio é dividido em dois momentos principais: o Concurso do Cartaz e posteriormente é seguido pelo Prêmio em si.

Em 2015, as categorias contempladas foram: Construção, Transporte, Eletroeletrônicos, Iluminação, Mobiliário, Têxteis, Trabalhos escritos e Utensílios. Os trabalhos são analisados por duas comissões julgadoras independentes, uma para as categorias de produto e outra para a de trabalhos teóricos. As premiações estão divididas em 1º e 2º lugares, menções honrosas, e selecionados para a exposição.

Posteriormente, o MCB realiza uma mostra com os vencedores e selecionados de cada categoria durante cerca de dois meses.

Sobre o MCB
O Museu da Casa Brasileira (MCB) , instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, dedica-se à preservação e difusão da cultura material da casa brasileira, sendo o único museu do país especializado em arquitetura e design. Sua programação contempla exposições temporárias e uma agenda com base em debates, palestras e publicações que contextualizam a vocação do museu para a arquitetura e o design, contribuindo na formação de um pensamento crítico em temas diversos como urbanismo, habitação, economia criativa, mobilidade urbana e sustentabilidade. Dentre suas inúmeras iniciativas, destacam-se o Prêmio Design MCB, principal reconhecimento do segmento no país, realizado desde 1986; e o projeto Casas do Brasil, de resgate e preservação da memória sobre a diversidade do morar do brasileiro.

Sobre a Zupi
A Zupi é uma revista independente, criada por e para artistas e profissionais criativos que buscam novas ideias e tendências, que iniciou suas atividades em 2001. Hoje é o maior crossmedia de arte e criatividade do Brasil. A Zupi nasceu para fomentar, incentivar e registrar a produção de trabalhos autorais mostrando o que há de melhor em termos de arte, design, ideias e tendências no Brasil e no mundo. Atua como um veículo de comunicação que promove talentos, gerando reconhecimento, negócios e méritos a artistas e profissionais que saem em nossas páginas.  Procurando reunir as variadas vertentes da arte contemporânea, a Zupi é voltada para artistas, designers, ilustradores, diretores de arte, fotógrafos, estilistas, web designers, artistas de rua, grafiteiros, arquitetos, designers de produto, decoradores, paisagistas, motion designers e publicitários, entre outros.

Mostra Concurso do Cartaz

Abertura: 7 de maio, sábado às 11h – entrada gratuita
Visitação: até 22 de maio
Local: Museu da Casa Brasileira
Av. Faria Lima, 2.705 – Jd. Paulistano
Tel.: (11) 3032.3727

VISITAÇÃO
De terça a domingo, das 10h às 18h
Ingressos: R$7 (inteira) e R$3,50 (meia-entrada). Grátis para crianças até 10 anos e maiores de 60 anos. Gratuito aos sábados, domingos e feriados
Acesso a pessoas com deficiência / Bicicletário com 40 vagas
Estacionamento pago no local
Visitas orientadas: (11) 3026.3913 / agendamento@mcb.org.br
www.mcb.org.br

Fonte: Museu da Casa Brasileira | Núcleo