Disponível para download a Revista do Arquivo nº 11

A perda de informação e bens em arquivos e instituições responsáveis por guarda de patrimônio é o tema que a Revista do Arquivo nº11 traz para debate, com o objetivo de pautar uma questão que precisa de mais cuidado e atenção por parte de gestores, bem como de pesquisadores.

Abrindo a seção “Introdução ao Dossiê Temático”, Marcelo Antônio Chaves e Márcio Amêndola de Oliveira, historiadores e funcionários do Arquivo Público do Estado, apresentam o texto “A perda de patrimônio cultural como negatividade da preservação”, enfatizando as dificuldades que as instituições arquivísticas enfrentam no tocante à preservação dos bens sob a sua guarda, com significativos exemplos.

“No caso dos arquivos, o dimensionamento do fenômeno dos sinistros é mais complexo. Se as instituições museológicas sofrem com a falta de incentivos e de investimentos na preservação dos seus acervos e de políticas legais robustas e específicas para a proteção de edifícios e coleções de patrimônio cultural contra incêndios [Declaração, p. 5], o que dizer das instituições que encontram dificuldades em serem identificadas socialmente como custodiadoras de patrimônio cultural, como no caso dos arquivos? Ou seja, a maior invisibilidade social dos arquivos sugere-nos que as graves ocorrências naqueles também tendem a ser menos relevadas nos meios de comunicação social. E mais: os próprios suportes de documentos mais generalizados nos arquivos, sejam digitais ou analógicos, parecem-nos mais sensíveis às perdas silenciosas”, dizem os autores do texto.

A edição traz ainda, como introdução ao Dossiê, os textos de José Luiz Pedersoli Jr, “O gerenciamento de riscos é um processo contíno e tem que constar entre as prioridades institucionais”; de Vanderlei dos Santos, “Perda de informações e de bens em arquivos e instituições responsáveis por guarda do patrimônio: segurança da informação e o viés digital” e de Humberto Innarelli, “Sinistros em ambientes digitais de arquivos”.

Acesse gratuitamente a Revista do Arquivo e veja todo o conteúdo publicado.

Fonte: Arquivo do Estado