Debate “ArtisticRevolution: Arte & Transformação” na Casa Guilherme de Almeida

 

Casa Guilherme de Almeida
Foto: Divulgação / Wikipédia

29 de Novembro de 2014 | 15h30
Por Duda Penteado, João Eduardo Hidalgo, Katia Canton, Olívio Guedes e Pelópidas Cypriano

A obra do artista plástico Duda Penteado enfoca o poder transformador da arte, e apresenta uma técnica criativa chamada “Sinfonia Plástica”. Neste debate, Duda Penteado abordará seu conceito de arte e sua visão quanto ao papel dela na sociedade e na vida. Logo após, haverá sessão de autógrafos do livro Artistic Revolution, que documenta sua vasta obra e traz ensaios sobre o artista escritos por importantes professores, críticos e curadores nacionais e internacionais.

Duda Penteado, artista plástico multimídia, vive entre os Estados Unidos e o Brasil há quase 20 anos, realizando performances, vídeo-instalações, murais, esculturas, pinturas e outras práticas plásticas. Seus trabalhos têm como referência temas atuais como a paz, a globalização, a diáspora, a dupla nacionalidade e outros fenômenos geopolíticos e sociais do século XXI.

João Eduardo Hidalgo é doutor em Comunicação pela ECA-USP e pela Universidad Complutense de Madrid, e especialista em Cinema Espanhol pela AECI – Agencia Española de Cooperación Internacional. Tem experiência em produção dramatúrgica para audiovisual, bem como em interpretação fílmica e história do cinema. Já fez várias exposições individuais de fotografia, dirigiu alguns curtas-metragens e orientou a realização de mais de cinquenta.

Katia Canton é graduada em Comunicação Social pela ECA-USP, mestre em Performance Studies, pela Tisch School of the Arts, New York University e doutora em Artes Interdisciplinares pela Faculdade de Artes Visuais e Educação, da New York University. É livre-docente em Teoria e Crítica de Artes pela ECA USP, com tese sobre Autorretrato e Espelho de Artista, que examina as potências da arte na educação.

Olívio Guedes é físico graduado pela PUC-SP, mestre em Estética e História da Arte pela USP, marchant e curador. Administra a galeria Slaviero & Guedes e concentra seus estudos acadêmicos na obra do pintor surrealista alemão, radicado no Brasil, Walter Lewy.

Pelópidas Cypriano é cineasta, mestre e doutor pela ECA-USP e livre-docente pelo DAP-IA-UNESP (Departamento de Artes), do qual é atualmente chefe de departamento, e onde ministra disciplinas como Fotografia Cinética, Artemídia e Cinema Digital.

Fonte: Casa Guilherme de Almeida