Curadores de festivais internacionais assistem a filmes brasileiros

Programa Encontros com o Cinema Brasileiro tem como objetivo aumentar a visibilidade dos cinema brasileiro no mercado internacional.

A Agência Nacional do Cinema (Ancine) divulgou nesta terça-feira (10) a lista dos filmes selecionados para a segunda etapa da 9ª edição do Programa Encontros com o Cinema Brasileiro. São dez longas-metragens da produção brasileira recente, que serão assistidos pelos curadores Julien Welter, da seleção oficial do Festival de Cannes (França), e Anne Delseth, da Quinzena dos Realizadores, seção paralela do festival, em sessões exclusivas entre os dias 18 e 22, no Museu da Imagem e do Som (MIS) de São Paulo.

Feito em parceria com o Ministério das Relações Exteriores, o programa tem como objetivo aumentar a visibilidade dos cinema brasileiro no mercado internacional. Os encontros ocorrem no período em que está sendo feita a escolha de filmes que integrarão a programação de importantes festivais de todo o mundo. Nas nove edições do programa, vieram ao Brasil curadores de festivais como os de Veneza (Itália), Berlim (Alemanha), San Sebastian (Espanha), Sundance (Estados Unidos) e Havana (Cuba).

Diversos filmes exibidos aos curadores, nas oito edições anteriores dos Encontros com o Cinema Brasileiro, foram selecionados para a programação dos festivais internacionais. Os casos mais recentes são dos filmes Brasil S/A, de Marcelo Pedroso, e Beira-Mar, de Marcio Reolon e Felipe Matzembacher, que participam do Festival de Berlim deste ano, que vai até o dia 15 na capital alemã.

Para o mesmo festival, no ano passado, foi selecionado Castanha, de Davi Pretto. Ainda em 2014, o filme Ventos de Agosto, de Gabriel Mascaro, entrou na programação dos festivais de Locarno, na Suíça, e de San Sebastian, na Espanha. Também no ano passado, Casa Grande, de Felipe Barbosa, foi selecionado para a competição no Festival de Roterdã, na Holanda, e para o Bafici (Festival Internacional de Cinema Independente de Buenos Aires). Já Tatuagem, de Hilton Lacerda, foi selecionado para o Festival de Havana.

De acordo com a Ancine, as escolhas são feitas com base nos teasers e nas informações fornecidas pelos produtores, por ocasião da inscrição de seus filmes no programa. Os títulos selecionados para a exibição aos curadores do festival francês são Califórnia (foto abaixo), de Marina Person; Clarisse, de Petrus Cariry; Dois Casamentos, de Luiz Rosemberg Filho; Mundo Cão, de Marcos Jorge; Para Minha Amada Morta, de Aly Muritiba; Ponto Zero, de José Pedro Goulart; Quase Memória, de Ruy Guerra; Todas as Cores da Noite, de Pedro Severien; Um Homem Só, de Claudia Jouvin, e Voltando para Casa, de Gustavo Rosa de Moura.

WpPozQu

Na primeira etapa da nona edição do programa, feita entre os dias 27 de janeiro e 1º de fevereiro, no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) do Rio de Janeiro, outros dez filmes foram vistos pelo curador da Semana da Crítica de Cannes, Charles Tesson. Como essa seção paralela do festival é dedicada à descoberta de novos talentos, foram aceitas apenas inscrições de diretores que fizeram seus primeiros ou segundos longas de ficção. A 68ª edição do Festival de Cannes ocorre de 13 a 24 de maio, na cidade francesa.

Fonte: Vooz