#CulturaEmCasa completa seis meses com 2 milhões de visualizações

Plataforma criada pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa  oferece um acervo com 1,5 mil vídeos; pesquisa revela  que atividade cultural online diminui a sensação de solidão durante pandemia

Criada pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo e gerida pela  Organização Social  Amigos da Arte,  a  plataforma #CulturaEmCasa completou seis meses no ar. Com mais de 1,5 mil conteúdos, entre espetáculos, palestras, aulas, podcasts, shows e concertos, o projeto alcançou 2 milhões de visualizações e foi acessado por 2.600 cidades de 130 países.

O sucesso também é validado por pesquisa. Entre os resultados colhidos, o estudo revela que as atividades culturais on-line diminuíram a sensação de solidão durante a pandemia para 54% dos entrevistados. O trabalho, uma parceria do Itaú Cultural com o DataFolha, divulgado em 20 de outubro,  aponta ainda que 60% das pessoas relacionam as programações on-line à melhora do relacionamento pessoal em casa e 44% ao aumento da qualidade de vida na quarentena. Foram ouvidas 1.521 pessoas de todas as regiões do país.

“Em seis meses, tivemos 209 mil horas de visualização na  plataforma e 756 mil usuários únicos”, afirma o secretário de Cultura e Economia Criativa, Sérgio Sá Leitão. “Assim, vamos ampliando o acesso da população a conteúdos culturais de qualidade e contribuindo para estimular a difusão cultural, a geração de renda no setor e a formação do público. Mais cultura é igual a mais saúde, mais educação e mais desenvolvimento.”

De 20 de setembro a 20 de outubro, a #CulturaEmCasa  registrou o maior público com a apresentação da segunda ViradaSPOnline, realizada no Vale do Ribeira, e apresentada nos dias 17 e 18 de outubro. Foram  232 mil visualizações, o maior número da série, seguida pela ViradaSPOnline de Salto, com público de 100 mil, Renato Teixeira, Liniker e Zeca Baleiro.

“Esse resultado reafirma nosso objetivo de difundir e fomentar a arte e a cultura no Estado de São Paulo, sempre prezando pela qualidade técnica, artística e de governança em um cenário totalmente digital e completamente acessível ao cidadão”, diz a diretora geral da Amigos da Arte, Danielle Nigromonte.

Programação

O conteúdo da #CulturaEmCasa é produzido pelas instituições culturais vinculadas à Secretaria de Cultura e Economia Criativa, por instituições parceiras e por artistas e produtores culturais independentes, que são remunerados pelo licenciamento. Trata-se, portanto, de um instrumento de geração de renda e oportunidades para o setor cultural e criativo paulista.

De 1º a 30 de setembro, a plataforma exibiu a Mostra Internacional de Cinema Virtual, uma seleção de 33 filmes de 21 países, oferecida por consulados, embaixadas e institutos culturais estrangeiros sediados em São Paulo. A Mostra inédita e gratuita foi apresentada diariamente,  às 19h e 22h.

Desde 6 de julho, a plataforma apresenta o #SPGastronomiaEmCasa, maior programa de estímulo ao setor no país, transferido em 2020 para o formato on-line. De segunda a quinta-feira, sempre às 19h30, chefs, nutricionistas e especialistas brindam o público com aulas, receitas, histórias, curiosidades e debates sobre diversos temas relacionados à gastronomia de São Paulo.

FestivalCulturaEmCasa apresenta lives de artistas representativos da diversidade cultural do Brasil, como Sérgio Reis, Letrux, Alaíde Costa, entre outros. De sexta a domingo, sempre às 21h30.

A plataforma segue com a apresentação do Intensivão, série de aulas e palestras com temas diversos relacionados à arte e à criatividade, todas as terças e quintas-feiras, às 17h. Já participaram nomes como Marcelo Tas, Débora Tabacof, Estéfi Machado, Ivam Cabral, Rita Von Hunty e Dona Jacira, entre outros, além de educadores, curadores e profissionais dos museus, bibliotecas, Fábricas de Cultura e demais instituições ligadas à Secretaria.

Também no formato live, a plataforma #CulturaEmCasa transmite, às segundas e quartas-feiras, às 17h, o programa Diálogos Necessários, que reúne pensadores e profissionais de diversas áreas para reflexões com abordagens diversificadas e antagônicas sobre temas como ciência, filosofia, criatividade e literatura. Os encontros são moderados pelo ensaísta e professor de literatura João Cezar de Castro Rocha e pelo escritor Martim Vasques da Cunha.

#CulturaEmCasa

A plataforma de streaming e vídeo por demanda #CulturaEmCasa foi lançada em 20 de abril. Com acesso por meio do endereço www.culturaemcasa.com.br, os conteúdos podem ser assistidos gratuitamente por televisão, computador, tablets e celulares.

A plataforma reúne conteúdos inéditos das instituições da SEC, entre as quais a OSESP, Jazz Sinfônica, Pinacoteca, Museu da Imagem e do Som, o Museu do Futebol, São Paulo Companhia de Dança, Projeto Guri, Theatro São Pedro e o Teatro Sérgio Cardoso.

SERVIÇO

www.culturaemcasa.com.br

www.cultura.sp.gov.br

Redes: 

https://www.facebook.com/culturaemcasasp/https://www.instagram.com/culturaemcasasp/

Fonte: Secretaria de Cultura e Economia Criativa