Cultura Popular é destaque da programação do Museu do Café

Jogos, workshops, intervenções cênicas e mostra educativa contam um pouco das tradições
caipiras e nordestinas

No dia 22 de agosto é comemorado o Dia do Folclore. Histórias de infância, superstições passadas de geração para geração, brincadeiras, costumes e crendices compõem a cultura popular de diversas regiões do Brasil. Com início no dia 6 de agosto, o Museu do Café, instituição da Secretaria de Estado da Cultura, realizará atividades envolvendo oficinas, ações educativas e jogos relacionados ao tema. Compondo a programação, a mostra “Café e Folclore Caipira”, abordará assuntos relacionados à cultura rural envolvendo receitas, crendices e simpatias, tendo o café como protagonista.

A mostra “Café e Folclore Caipira”, que vai de 6 de agosto a 22 de setembro, trará ao público um pouco do que é popularmente conhecido como folclore caipira, revelando costumes e o cotidiano desse personagem tão importante para a história do café em São Paulo. Será possível conhecer algumas tradições, como superstições, simpatias, receitas, cantigas e técnicas medicinais caseiras à base de café. Serão expostos também objetos do acervo do Museu do Café como pilão, socador, torrador bola, peneira e moedor, contextualizando a casa do caipira.

O público infantil poderá aprender cantigas com a temática do café e participar de jogos que eram comuns nas fazendas, como a biloca, um jogo similar ao de bolinha de gude; bugaio, que requer agilidade ao jogar um saquinho para o alto e pegar o outro no chão; tria, um duelo entre os jogadores cujo objetivo principal é acabar com todas as pedras do adversário e a tradicional amarelinha. Nos dias 22 e 24 de agosto, das 12h às 14h, um ator ensinará aos frequentadores da Cafeteria do Museu algumas das simpatias abordadas na mostra.

Além dos jogos para as crianças, o Museu do Café também prepara dois workshops, voltados para os adultos que quiserem conhecer um pouco mais da cultura nordestina. O primeiro é o Workshop de Literatura de Cordel, que pretende ensinar a história da técnica aos participantes e como escrever sextilhas, estrofes de seis versos com sete sílabas cada um. O segundo é o Workshop de Xilogravura, que ensinará ao público como entalhar, gravar uma imagem na madeira e depois reproduzi-la no papel. Ambos serão ministrados pelos especialistas nas técnicas, Waldeck Garanhuns e Regina Drozina, no dia 21 de agosto, das 9h às 18h. As inscrições podem ser feitas pelo e-mail inscricao@museudocafe.org.br.

As atividades são gratuitas e podem ser conferidas a partir do próximo dia 6 de agosto no Museu do Café, que fica localizado à rua XV de Novembro, 95, no Centro Histórico de Santos. Seu horário de funcionamento é de terça a sábado, das 9h às 17h, e aos domingos entre 10h e 17h. Os ingressos custam R$ 5, estudantes e pessoas acima de 60 anos pagam meia-entrada. Entrada gratuita aos domingos durante o ano todo e, em comemoração à Semana de Museus, entrada gratuita também aos sábados durante todo o mês de maio. Já a Cafeteria do Museu funciona de segunda a sábado, das 9h às 18h, e aos domingos entre 10h e 18h. Outras informações estão disponíveis no site www.museudocafe.org.br.

Serviço

Programação do Folclore

Mostra “Café e Folclore Caipira”
Data: 06/08 a 22/09
Horário: terça a sábado, das 9h às 17h. Aos domingos, das 10h às 17h
Local: Museu do Café
Endereço: Rua XV de Novembro, 95 – Centro
Preço: R$ 5,00 (estudantes e pessoas acima de 60 anos pagam meia-entrada)

Workshops de Literatura de Cordel e Xilogravura
Data: 21/08
Horário: 9h às 18h
Local: Museu do Café
Endereço: Rua XV de Novembro, 95 – Centro
Inscrições: inscriçao@museudocafe.org.br
Preço: Grátis

Intervenção Cênica
Data: 22/08 e 24/08
Horário: 12h às 14h
Local: Cafeteria do Museu
Endereço: Rua XV de Novembro, 95 – Centro
Preço: Grátis