Conheça o CRFB no Museu do Futebol

3.centro de referencia

 

O Museu do Futebol se orgulha de ser um museu produtor de conteúdo. 

 

O Centro de Referência do Futebol Brasileiro – CRFB é a área responsável pela dinamização dos conteúdos do Museu do Futebol. Compõe-se por uma biblioteca, uma midiateca e por uma base de dados online para acesso ao acervo e demais conteúdos gerados pela pesquisa.

 


São objetivos do CRFB:

• Constituir uma rede de pessoas, instituições e coleções sobre futebol, propiciando o acesso a conteúdos e a troca de conhecimentos.
• Ampliar o acervo do Museu do Futebol por meio da realização de pesquisas e da aquisição de obras bibliográficas, de filme/vídeo e iconográficas.
• Oferecer serviços de digitalização de acervos e de consultorias para tratamento de coleções (higienização, guarda, documentação).
• Aprimorar procedimentos de documentação de acervos materiais e intangíveis sobre futebol.

 

Conheça o projeto

 

A ideia de criar um centro de referência vem desde a abertura do Museu do Futebol. Em 2009, a equipe da Diretoria de Conteúdo, por meio do Núcleo de Documentação, Pesquisa e Exposições, elaborou o projeto de implantação do centro, apresentado no mesmo ano à FINEP – Agência Brasileira de Inovação, órgão do Ministério da Ciência e da Tecnologia. O convênio foi assinado em novembro de 2010 e, desde então, a equipe trabalha para abrir ao público este novo serviço. O Centro de Referência, juntamente com a biblioteca e midiateca, foram abertos ao público em outubro de 2013.

O projeto contou com a parceria com a POIESIS – Instituto de Apoio à Cultura, à Língua e à Literatura, organização social de cultura responsável pela gestão financeira e administrativa e com a Universidade de São Paulo, por meio do Núcleo de Antropologia Urbana – NAU, que colaborou como co-executor técnico do projeto. Para a implantação, formou-se uma equipe multidisciplinar de pesquisadores e consultores. Atuou também um comitê consultivo, composto por antropólogos, historiadores, jornalistas e museólogos.

 

Fonte: Museu do Futebol